PERNAMBUCANO 2021

Santa Cruz volta a sofrer na criação de jogadas e empata com o Central

Com um a mais desde os 11 minutos do segundo tempo, Tricolor não conseguiu fazer valer a superioridade numérica

Central e Santa ficaram no empate no LacerdãoCentral e Santa ficaram no empate no Lacerdão - Foto: Reprodução/Twitter

Jogando desfalcado de quatro titulares, o Santa Cruz foi à Caruaru em busca de um bom resultado, visando aproveitar um frágil Central. Mas, mesmo com um homem a mais desde os 11 minutos do segundo tempo, não conseguiu sair do empate por 1x1, no Lacerdão, pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano 2021. Os gols foram marcados por Júnior Lemos (Central) e Eduardo (Santa Cruz). 

O primeiro tempo foi bastante frio, com o Santa Cruz controlando a posse de bola, concentrada apenas no trio defensivo e sem conseguir transformar o controle em oportunidades de gol. Enquanto o Tricolor tocava a bola, o Central aguardava todo atrás da linha do meio-campo, sem pressionar a saída adversária.

Aos 10 minutos, o Santa teve uma ótima chance de marcar o primeiro gol, em uma das poucas chegadas na área. Augusto Potiguar cruzou na medida para João Cardoso, que, sozinho, cabeceou para baixo, mandando para fora do gol da Patativa.

Aos 26, saiu o gol Tricolor. Após escanteio curto, Eduardo cruzou para a área, a zaga centralina parou completamente e a bola passou pelo goleiro Murilo, que tentou acompanhar Léo Gaúcho. Os jogadores da Patativa pediram impedimento no lance, pela participação do atacante tricolor, mas o árbitro José Woshington deu o gol para o Santa Cruz.

Em meio ao domínio tricolor, o Central só conseguiu chegar à área em uma oportunidade no primeiro tempo. Após subida de Izael pela direita, que cruzou para a pequena área, buscando João Moser, a zaga tricolor afastou, mandando para escanteio.

No segundo tempo, a Patativa voltou mais ligada na partida. O time empurrou as linhas tricolores e apertou a saída de bola do Santa Cruz, conseguindo forçar erros de passe para recuperar a posse e sair em contra-ataque.

Aos 10 minutos, foi marcado pênalti para a equipe do Central. Após falta cobrada para dentro da área, o árbitro José Woshington viu toque de mão do zagueiro Célio Santos e apontou para a marca da cal, em marcação duvidosa, sob protesto da equipe tricolor.

Na cobrança, o experiente Júnior Lemos deslocou Jordan e deixou tudo igual no Lacerdão, marcando o primeiro gol do Central no Pernambucano 2021.

O treinador João Brigatti mudou a equipe, com a entrada de Vinícius Balotelli, que imediatamente surtiu efeito. O ataque tricolor apertou a saída de bola da Patativa e, após passe lateral errado de Eduardo Fávero para Gleidson, Balotelli se antecipou ao zagueiro e foi atingido por um pontapé do defensor centralino. O árbitro prontamente marcou a falta e mostrou cartão vermelho direto à Gleidson, gerando muita reclamação dos jogadores e do banco do Central.

Na cobrança da falta, por pouco não sai o segundo gol tricolor. Léo Gaúcho bateu com categoria e acertou a trave esquerda de Murilo, que sequer pulou.

A expulsão parecia dar um novo rumo à partida, permitindo que o Santa Cruz explorasse mais seu lado ofensivo e superioridade numérica. No entanto, a Cobra Coral não conseguia chegar na área do Central, voltando a mostrar falta de repertório na criação das jogadas e insistindo em cruzamentos e bolas esticadas. 

As entradas de Vinícius Balotelli e Felipe Simplício, que deveriam dar mais velocidade ao ataque tricolor, sequer foram percebidas, já que a equipe não chegava perto da área. A partida passou a ficar mais parada, com o Central fazendo muitas faltas para impedir os avanços do Santa Cruz, que também não conseguia aproveitar os lances de bola parada. 

Nos 40 minutos com um a mais em campo, apenas três chances de perigo foram criadas pela equipe tricolor, todas com finalização do atacante Léo Gaúcho. Aos 30, o centroavante do Santa Cruz tentou um voleio, após bola cruzada na área, mas a bola passou por cima do gol. Já nos acréscimos, aos 53 minutos, após falta cobrada para dentro da área, Léo Gaúcho subiu mais alto que a zaga do Central, mas cabeceou no meio do gol, com Murilo realizando ótima defesa, evitando o que seria o gol da vitória tricolor. 

O empate no Lacerdão marca o primeiro ponto do Central no Campeonato Pernambucano 2021, recuperando-se após a pesada derrota por 5x0, diante do Náutico. Na próxima rodada, a Patativa recebe o Sete de Setembro. 

Para o Santa Cruz, o resultado mantém a equipe entre os quatro primeiros colocados, com quatro pontos. Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Sport, no Arruda.

FICHA TÉCNICA

CENTRAL 1 X 1 SANTA CRUZ

Central: Murilo; Izael (David), Eduardo Fávero, Gleidson Sena, Issa; Madson, Djair, Jonatan (Denilson); Júnior Lemos, Dodô (Palacios); Jean Moser. Técnico: Catende

Santa Cruz: Jordan; William Alves, Danny Morais, Célio Santos; Anderson Potiguar, Caetano (Felipe Simplício), Ítalo Henrique, Eduardo (Marcel); João Cardoso, Léo Gaúcho, Felipe Almeida (Vinícius Balotelli). Técnico: João Brigatti.

Local: Estádio Luiz Lacerda, Caruaru (PE)
Gols: Eduardo (Santa Cruz), aos 26 minutos do primeiro tempo; Júnior Lemos (Central), aos 10 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Júnior Lemos, Jonatan e Djair (Central); William Alves, Felipe Almeida, Caetano (Santa Cruz)
Cartão vermelho: Gleidson (Central)
Árbitro: José Woshington da Silva
Assistentes: Francisco Chaves e Victor Lavôr
Quarto árbitro: Ralfy Ribeiro
 

Veja também

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada
Tóquio 2021

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada

'dev1ce' troca a Astralis pela NIP em negócio milionário
CS:GO

'dev1ce' troca a Astralis pela NIP em negócio milionário