Técnico Roberto Fernandes no Clássico das Emoções
Técnico Roberto Fernandes no Clássico das EmoçõesFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

 

Após a derrota para o Náutico no estádio do Arruda, o técnico Roberto Fernandes disse que faltou competência do Santa Cruz para vencer o Clássico das Emoções, o terceiro da temporada 2018. Com o revés diante do ex-clube, o treinador perdeu a invencibilidade no comando tricolor, que era de três jogos, e ainda lamentou as chances perdidas pelo Tricolor, que jogou com um homem a mais desde 22 minutos do segundo tempo, quando o paraguaio Ortigoza foi expulso.

"No geral, faltou competência de todos nós. Faltou competência para a gente ter traduzido a superioridade numérica do primeiro tempo em construção de jogadas. Por incrível que pareça, quando o Náutico teve o jogador expulso acabou fazendo eles realizarem um jogo diferente do que fariam porque precisariam propor o jogo até pela necessidade de vitória que tinham", analisou na entrevista coletiva logo depois do confronto.

Frustrado e abatido pelo tropeço dentro de casa, o comandante Roberto Fernandes também reclamou de uma penalidade de Assis no atacante Robinho no primeiro tempo do clássico. "Teve ainda um pênalti claro em Robinho não assinalado. Ainda construímos algumas jogadas e chances , como a de Jaílson, mas não tivemos competência para fazer o gol", comentou.

Leia também:

Mesmo com expulsão de Ortigoza, Náutico vence Santa por 1x0 

"Temos que ter vergonha na cara", detona Danny Morais 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: