Constantino Júnior
Constantino JúniorFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

 

A permanência do técnico Roberto Fernandes no Arruda está praticamente descartada. Desta forma, a diretoria de futebol deve buscar um novo treinador para o próximo ano. Assim como aconteceu em 2017 e 2018, o Santa Cruz caminha novamente para iniciar a temporada 2019 com uma cara nova no comando, mas hoje a prioridade é pagar os salários atrasados ao elenco e aos funcionários.

Leia também: 

Roberto Fernandes deixa futuro em aberto e Santa projeta 2019 

Santa Cruz prioriza manutenção da espinha dorsal para 2019 

Por folha enxuta, Santa vai reduzir departamento de futebol 

Segundo informações apuradas pela Folha de Pernambuco, direção e Roberto Fernandes se reuniram e a conversa entre as partes foi em tom de despedida. O clube ainda não anunciou oficialmente a saída do comandante. Sucessor de PC Gusmão, ele chegou ao Arruda no dia 24 de maio, data da sua apresentação, com a missão de salvar o ano do Tricolor com o acesso à Série B. Sob a batuta do profissional, o Santa conseguiu até reagir no Campeonato Brasileiro da Série C e se classificou para os mata-matas, porém amargou uma eliminação nas quartas de final para o Operário/PR.

Em três meses de trabalho, Roberto Fernandes teve um aproveitamento de 52,3%, com seis vitórias, quatro empates e quatro derrotas em 14 partidas. Antes de treinar a Cobra Coral, o treinador foi campeão pernambucano pelo Náutico, que não conquistava um título há 13 anos, e acabou sendo demitido com quatro rodadas da Série C, encerrando a sua quarta passagem no Alvirrubro.

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: