Santa Cruz x Operário/PR
Santa Cruz x Operário/PRFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Uma das prioridades do Santa Cruz é renovar o contrato do lateral-direito Vítor para a temporada 2019. De acordo com Gilson Marcos, empresário do atleta, as chances de o jogador permanecer no Arruda são grandes, mas o acerto depende do pagamento das dívidas de 2016 e 2017, ambas negociadas, e dos salários atrasados deste ano. Em conversa com a reportagem da Folha de Pernambuco, o agente se mostrou otimista quanto à extensão de vínculo. 

Vítor deve ficar no Santa. Os acordos das temporadas passadas estão sendo colocados em dia, mas o atleta ainda espera receber as folhas salariais atrasadas deste ano. Não tratamos a renovação com pressa, então o acerto fica para o mês de dezembro”, declarou Gilson Marcos.

Leia também:

O terceiro capítulo da novela Vitor no Santa Cruz 

Santa Cruz negocia renovações de Vítor e Jailson para 2019 

Segundo informações apuradas pela Folha de Pernambuco, o Santa negociou os débitos dos dois últimos anos em 15 parcelas mensais, com seis delas pagas em 2018 (janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho). Com nove prestações em aberto, a dívida gira em torno de R$ 200 mil. Vítor também espera o recebimento de dois meses deste ano – julho e agosto, que venceu no dia 15 de setembro.

Santa Cruz e Vítor têm uma relação antiga. Desde 2015 no Arruda, o experiente lateral-direito é uma figura que marcou história no clube, sendo o jogador há mais tempo na casa. Com status de veterano, o atleta de 36 anos de idade carrega na bagagem passagens por grandes equipes do futebol brasileiro e descarta se aposentar no momento. Não esconde o desejo de permanecer no Tricolor em 2019, mas pelo terceiro ano seguido a sua renovação virou uma novela.

Vítor aceita ganhar o mesmo salário deste ano em 2019 e a sua preferência é continuar vestindo a camisa do Santa. O lateral-direito tem 108 partidas pelo clube. Na temporada 2018, jogou 28 vezes e marcou dois gols. De 2015 para cá, conquistou o acesso para a Série A, um título do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste, mas também acumulou dois rebaixamentos seguidos.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: