Executivo de futebol Luciano Sorriso na apresentação oficial
Executivo de futebol Luciano Sorriso na apresentação oficialFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Durante a coletiva de apresentação do gerente remunerado Luciano Sorriso, o presidente Constantino Júnior anunciou oficialmente a saída de mais um profissional da diretoria. Por motivos particulares, o vice-presidente de futebol Felipe Rêgo Barros pediu para deixar o Santa Cruz, que fica por ora sem substituto para o cargo. A direção atual conta apenas com dois membros: o ex-volante (executivo) e Jomar Rocha (diretor da casa).

“Como está na moda chamar, Luciano vai ser nosso 'superministro'. Ele tem responsabilidade de gerir todo nosso departamento futebol, desde a relação entre elenco, diretoria e comissão até questões de contratações e de logística", brincou Tininho na entrevista.

Leia também: 

Direção do Santa sofre mudanças e passa por enxugamento 

Reformulada, comissão técnica do Santa Cruz perde identidade

Santa reformula departamentos e planeja sistema integrado 

De acordo com o presidente do clube, o dirigente Felipe Rêgo Barros solicitou licenciamento do cargo por questões pessoais. “Luciano (Sorriso) assume a direção de futebol. Tivemos alguns membros desligados da diretoria até para desafogar o trabalho entre presidência e departamento de futebol. Felipe Rêgo Barros carregou a responsabilidade como vice-presidente de futebol em 2018, mas precisa resolver compromissos inadiáveis e não tinha mais como abrir mão. Ele esperou a chegada de um nome e comunicou o desligamento. Entendemos o lado dele, até porque sua dedicação foi integral no Arruda”, comentou.

Com a nova composição da diretoria de futebol, Constantino Júnior explicou como vai funcionar o departamento. “Nesse primeiro momento, o quadro administrativo está passando por uma readequação. Hoje temos Luciano Sorriso acumulando funções. Não teremos mais vice-presidência de futebol e vamos manter a nossa diretoria enxuta”, declarou o presidente.

Mudanças

Ao assumir a presidência no fim do ano passado, Tininho nomeou os novos diretores da sua gestão. De lá pra cá, houve uma dança das cadeiras na composição da diretoria. No mês de maio, Allan Araújo pediu para deixar a direção. Em junho, Frederico Gomes foi relocado para o Núcleo de Gestão Administrativo Financeiro do clube, enquanto Felipe Alves se afastou. Já o executivo de futebol Fred Gomes entrou de férias e não retornou para o Arruda. O último a sair foi o vice-presidente de futebol Felipe Rêgo Barros.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: