Santa Cruz fica no empate com o Sampaio
Santa Cruz fica no empate com o SampaioFoto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

Do céu ao inferno mais de uma vez em apenas 90 minutos. Assim poderia ser resumido o empate do Santa Cruz contra o Sampaio Corrêa em 3x3, neste sábado (18), no Arruda. Por três vezes na partida, a Cobra Coral esteve à frente do marcador, mas cedeu o empate. Com o resultado, o Tricolor segue sem vencer na Série C, somando três pontos e permanecendo na lanterna do Grupo A. Além disso, agravando ainda mais a crise nas Repúblicas Independentes do Arruda.

Dentro de campo, deuses do futebol pareciam inspirados na tarde desta segunda-feira (18), concentrando fortes emoções no Arruda. Com menos de dez minutos de bola rolando, dois gols já haviam sido anotados. Precisando vencer para sair da lanterna do Grupo A, a Cobra Coral começou indo pra cima, com Everton e Misael escalados entre os titulares pelo segundo jogo seguido. E foi com essa dupla que nasceu o primeiro gol coral. Aos quatro minutos, Misael roubou bola no ataque e serviu Everton, sozinho e no meio da área, dominar e tocar na saída de Andrey: 1x0.

Na frente do marcador, o Santa Cruz sofreu duro golpe por um erro da arbitragem. Após finalização, a bola bateu na barriga de Carlos Renato, mas o árbitro deu pênalti. Na cobrança, Salatiel Júnior bateu com categoria e deixou tudo igual.

Leia também:
Santa Cruz mapeia mercado e busca contratação de volante
Cobrado, executivo do Santa Cruz defende trabalho de Leston


Com mais volume de jogo, o Santa Cruz pecava no setor de criação, sem criatividade. A porta só abriu com uma jogada de Augusto, pela esquerda. O atacante cruzou para Misael esperar a bola quicar e bater bonito, sem chance para Andrey. O jogo esfriou, com o Sampaio Corrêa passando a sair mais para a partida. E aos 46 minutos, alcançou o empate. Após confusão, a bola sobrou para Salatiel Júnior bater rasteiro, sem chance para Anderson: 2x2.

Na etapa final, Leston Júnior promoveu duas mudanças, acionando Lucas Gonçalves e Guilherme Queiroz e sacando Ítalo Henrique e Augusto. As mudanças não deram muito certo, com o Sampaio jogando melhor toda a primeira metade da etapa final. Tanto que a primeira grande oportunidade veio para os visitantes, mas João Paulo tentou uma cavadinha e errou.

A reação do Santa Cruz veio aos 32 minutos e em forma de gol. Após falta cobrada na área, Charles cabeceou na trave. Na volta, William Alves também usou a cabeça e deixou o Tricolor na frente do marcador: 3x2. Nem mesmo o gol motivou o Tricolor a melhorar o seu futebol. E o castigo veio aos 36 minutos. Em falta do Sampaio levantada na área, Ulisses, em impedimento, chutou livre de marcação. Tudo igual no Arruda e crise agrava nas Repúblicas Independentes do Arruda.

Ficha do jogo
Santa Cruz 3
Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves e Carlos Renato; Charles, Italo Henrique (Lucas Gonçalves), Everton; Misael (Neto Costa), Augusto (Guilherme Queiroz) e Pipico. Técnico: Leston Júnior

Sampaio Corrêa 3
Andrey; Everton, Douglas Assis, Moisés e Patric (Lucas Gabriel) Calmon; Diones, Eloir, Dedé e Cleitinho; Salatiel Júnior e João Paulo. Técnico: Julinho Camargo

Local: Estádio do Arruda
Árbitros: Alinor Silva da Paixão (MT)
Árbitros assistentes: Fábio Rodrigo e Renan Antonio Angelim Rodrigues (ambos de MT). Gols: Everton (aos 4 minutos do 1ºT), Salatiel Júnior (aos 8 e aos 46 do 1ºT) e Misael (aos 15 do 1ºT). William Alves (aos 32 do 2ºT) e Ulisses (aos 36 do 2ºT). Cartões amarelos: Italo Henrique, Carlos Renato e Augusto (Santa). Cartão vermelho: Carlos Renato (Santa). Público e renda: não divulgados.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: