Leston Júnior
Leston JúniorFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O treinador Leston Júnior não resistiu ao empate do Santa Cruz em 3x3 contra o Sampaio Corrêa, no último sábado, em plena Arruda. O resultado custou o cargo do profissional, com a Cobra Coral permanecendo na lanterna do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, com apenas três pontos em quatro jogos disputados. Com uma semana inteira para trabalhar, a diretoria coral já caiu em campo atrás de um nome para substituir Leston.

Nas bolsas de apostas, os nomes mais fortes são os de Márcio Goiano, demitido recentemente do Náutico, Roberto Fernandes e Marcelo Martelotte, com Roberto Fonseca (ex-Londrina e campeão da Copa do Nordeste no ano passado com o Sampaio Corrêa) e Ranielle Ribeiro (ex-ABC) correndo por fora dos palpites.

Leia também:
Santa Cruz mapeia mercado e busca contratação de volante
Santa fica no empate contra o Sampaio Corrêa pela Série C
Jogadores admitem pressão no Santa, mas evitam explicação

Em conversa com a reportagem da Folha, o diretor de futebol Jomar Rocha confirmou que há um nome mais adiantado nas negociações, com o executivo de futebol Luciano Sorriso estando à frente das conversas.

Porém, o dirigente preferiu não revelar quem seria esse treinador. "Não vai fugir muitos dos nomes que estão sendo falados, mas estamos esperando uma resposta de um contato inicial com esse nome para fazermos uma proposta inicial. O ideal é fechar o mais rápido possível, mas não vamos colocar um prazo final", comentou Jomar, para em seguida explicar uma situação específica. "Martelotte é meu amigo pessoal e um excelente nome, mas está com um problema de saúde sério na família e não deve assumir nenhum trabalho agora", frisou Jomar.

Por último, o dirigente tricolor aproveitou para agradecer ao técnico Leston Júnior pelo trabalho feito e a parceria com o clube. Contratado em novembro do ano passado, o ex-comandante tricolor ajudou a remontar o elenco profissional do Santa Cruz. Dentro de campo, foram 30 jogos, com 11 vitórias, 11 empares e oito derrotas. No Pernambucano, foi eliminado nas quartas de final para o Afogados, nos pênaltis. Na Copa do Nordeste, levou o time até a semifinal, quando foi eliminado pelo Fortaleza. Já na Copa do Brasil, conseguiu chegar à Quarta Fase, caindo para o Fluminense, nos pênaltis. "É um profissional de muita qualidade e de excelente convívio. Todos sentiram bastante a saída dele. Mas, era preciso tomar uma atitude para tirar o clube dessa situação", explicou Jomar.

Nas redes sociais, Leston Júnior agradeceu bastante a oportunidade de trabalhar no Santa Cruz e destacou que entende a decisão da diretoria tricolor de encerrar o seu ciclo no clube.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: