Lances de Central x Santa Cruz
Lances de Central x Santa CruzFoto: Rafael Melo/Santa Cruz

O empate em 0x0 com o Central, no Lacerdão, pelo Campeonato Pernambucano, foi tratado como um bom resultado pelo técnico do Santa Cruz, Itamar Schulle. A circunstância explica: atuando fora de casa, o Tricolor teve um jogador expulso (Denílson) aos cinco minutos do primeiro tempo. Ainda assim, a equipe segurou o ataque da Patativa e ainda criou boas chances que poderiam ter aumentado a façanha da Cobra Coral em Caruaru.

“Começamos melhor, trabalhando bem a bola. Isso (domínio do Santa) tinha tudo pra acontecer no jogo. Mas a expulsão dificultou. Enfrentar uma boa equipe como o Central, com jogadores experientes e num campo em que a bola quica mais que o normal, é complicado. Tivemos de administrar a partida por 92 minutos com um jogador a menos. Mesmo assim, nós tivemos oportunidades de fazer, com bola na trave. Os jogadores estão de parabéns pela luta e pelo ponto conquistado. Por esses ângulos, nós precisamos cumprimentar os atletas”, afirmou o treinador.

Schulle também lamentou o lance capital do jogo, envolvendo o zagueiro Denilson. Ao perder uma bola no campo de defesa, o defensor fez falta em Leandro Costa. Por ser o último homem da defesa, o atleta foi expulso.

“Ali faltou mais conversa para alguém tirar logo a bola. Falta um pouco de diálogo às vezes. Depois que o jogador ficou com bola, não tinha outro recurso: ou deixa avançar ou faz a falta. Foi a intuição do atleta. Foi um prejuízo grande porque estávamos bem, mas fico feliz pela entrega do time, compactando bem os espaços e buscando não tomar o gol”, apontou.

O próximo compromisso do Santa Cruz será na quarta (19), contra o Afogados, no Vianao, pelo Campeonato Pernambucano 2020. O empate manteve o Tricolor na liderança do Estadual, com 13 pontos.

Leia também:
Santa fica no 0x0 com o Central
Reabilitado e embalado, Santa Cruz visita Central pelo Pernambucano

veja também

comentários

comece o dia bem informado: