Santa e Atlético/AC defendem invencibilidades diferentes

Atlético/AC tem 100% aproveitamento como mandante na Série C, enquanto Santa é único invicto como visitante. Acreanos e pernambucanos dividem posto de defesa menos vazada, mas adversário possui o ataque mais positivo

Sob chuva, jogo entre Santa Cruz e Atlético/ACSob chuva, jogo entre Santa Cruz e Atlético/AC - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

 

O modesto Atlético/AC é a maior surpresa do Campeonato Brasileiro da Série C. Líder isolado e único do Grupo A que tem 100% aproveitamento como mandante (cinco vitórias), os acreanos defendem a invencibilidade em casa diante do Santa Cruz, domingo (24), no estádio Florestão, pela 11ª rodada. Quem também não perdeu em seus domínios foi o vice-líder Confiança/SE (uma vitória e quatro empates).
Com 20 pontos conquistados dos 30 disputados, a equipe acreana comandada pelo técnico Álvaro Miguéis tem apenas duas derrotas em dez partidas, uma delas contra os pernambucanos pelo placar de 3x1, no estádio do Arruda, ainda na segunda rodada.
Com pouco mais de 60 anos de história, o time do Norte do País é a sensação da Série C e acumula uma campanha surpreendente. O aproveitamento de 66,7%, com seis vitórias, dois empates e duas derrotas, dá uma gordura ao Atlético/AC, que tem 20 pontos, sete a mais em relação ao Náutico, primeiro time fora do G4. Além de estar no topo da classificação com autoridade, tem o ataque mais positivo de toda a competição, com 18 gols marcados, e a defesa menos vazada ao lado da do Santa, ambas tiveram as redes balançadas oito vezes em dez rodadas. Dentro de casa, os acreanos não tomaram gol e ainda aplicaram duas goleadas.
Após a derrota dolorosa no Clássico das Emoções, em casa, na última rodada - 1 x 0 para os alvirrubros -, a Cobra Coral, 4ª colocada, com 14 pontos, tenta se reabilitar no campeonato para seguir entre os quatro primeiros lugares. Já o Atlético/AC empatou em 2x2 com o Remo/PA, no estádio Mangueirão, em Belém. Mesmo com o fim da invencibilidade no comando tricolor, derrubada pelo ex-clube, o técnico Roberto Fernandes empatou as duas partidas disputadas longe do Recife (1x1 contra o Confiança/SE e 0x0 diante do Salgueiro, respectivamente). Inclusive, o Santa é o único do Grupo A que não perdeu como visitante - uma vitória e quatro empates (aproveitamento de 46,66%).

Atlético/AC como mandante
Atlético/AC 1x0 Remo/PA
Atlético/AC 1x0 Náutico
Atlético/AC 5x0 Juazeirense/BA
Atlético/AC 1x0 Botafogo/PB
Atlético/AC 3x0 ABC/RN
Santa Cruz como visitante
Náutico 1x1 Santa Cruz
Remo/PA 0x0 Santa Cruz
Globo/RN 1x2 Santa Cruz
Confiança/SE 1x1 Santa Cruz
Salgueiro 0x0 Santa Cruz

 

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'