Santa estoura número de reforços estabelecido por Sorriso

Projeção inicial do executivo de futebol era trazer de nove a dez jogadores, mas Santa Cruz deve fechar primeiro ciclo de contratações para a temporada 2019 com 15 novas caras

Luciano Sorriso voltou ao Arruda, quatro anos depois, com status de "superministro"Luciano Sorriso voltou ao Arruda, quatro anos depois, com status de "superministro" - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

 

O “superministro” do Santa Cruz, Luciano Sorriso, prometeu diminuir a quantidade de reforços no Arruda em discurso pregado em sua apresentação oficial, no dia 22 de novembro. A sua projeção inicial era trazer de nove a dez nomes no primeiro ciclo de contratações para a temporada 2019, mas o número já passou do planejado. Com a chegada do lateral-direito Marcos Martins, anunciado oficialmente na última quarta-feira (26) pelo clube, o técnico Leston Júnior conta com 11 contratados no elenco, podendo subir para 15 ao longo da pré-temporada.

Leia também: 

Presidente e diretor prometem reduzir número de reforços no Santa 

Técnico do Santa avalia reforços e elenca dificuldades do mercado 

Santa: criatividade e atenção na hora de contratar reforços 

Para encerrar a etapa inicial de contratações, a diretoria de futebol, comandada por Sorriso, ainda busca um goleiro, um zagueiro, um meia e um atacante de lado. Com o desafio de remontar praticamente todo o grupo, após grande desmanche, o Santa trouxe reforços para todas as posições: goleiro Anderson; laterais-direitos César Augusto e Marcos Martins; laterais-esquerdos Bruno Ré e Raphael Soares, zagueiro Vitão, volantes Diego Lorenzi e Lucas Gonçalves; meias Allan Costa e Luiz Felipe; atacante Neto Costa.

Em entrevista coletiva, o treinador tricolor se mostrou satisfeito com as peças que foram contratadas, mas elencou as dificuldades que o clube enfrenta no mercado para fechar a negociação. “As contratações têm acontecido de forma gradativa, conforme estava planejado. Existe uma disputa maior porque 27 estaduais começam em janeiro. Desde a minha contratação no dia 1º de novembro, sempre pautamos que era preciso montar um elenco compatível com o orçamento que temos disponível, dentro da nossa realidade. Paralelo a isso, estamos buscando atletas que se encaixem no perfil”, analisou Leston Júnior.

Para reduzir o número de reforços, o plano estabelecido é apostar nos garotos das categorias de base, contudo a concorrência só aumenta para os jovens recém-promovidos ao elenco profissional. Na lateral direita, por exemplo, Augusto Potiguar, titular nos dois testes realizados na preparação, disputa posição com César Augusto e Marcos Martins, ambos contratados. Até aqui, o elenco está com 30 atletas.

Comparativo
Este ano, 39 reforços desembarcaram no Arruda. Em 2017, a quantidade foi um pouco menor: 36. Vale lembrar que, nessas duas temporadas, o elenco passou por uma remontagem inteira depois da debandada de jogadores ao fim das competições.

 

Veja também

Pleno do STJD julga na quinta-feira pedido do Flamengo por pausa no Brasileiro
Futebol

Pleno do STJD julga na quinta-feira pedido do Flamengo por pausa no Brasileiro

Auxiliar elogia Trindade e confirma repetição de time diante do Vila Nova
Futebol

Auxiliar elogia Trindade e confirma repetição de time diante do Vila Nova