Futebol

Santa pode se tornar clube em que Hugo Cabral marcou mais gols na carreira

Atacante já balançou as redes sete vezes pelo Tricolor; recorde ocorreu na Luverdense, com nove bolas na rede

Hugo comemora gol contra o RetrôHugo comemora gol contra o Retrô - Foto: Evelyn Victoria/Santa Cruz

Leia também

• Santa tem poucos remanescentes da goleada sofrida para o Retrô no Estadual; Fênix manteve a base

• Hugo Cabral decide, Santa Cruz elimina Retrô e segue vivo na Série D do Brasileiro

Hugo Cabral foi o nome da classificação do Santa Cruz às oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. O atacante balançou as redes duas vezes na vitória por 2x1 perante o Retrô, na Arena de Pernambuco, na última segunda (1º), pela segunda fase. Foi o sétimo do atleta com a camisa coral. Marca que faz o jogador se aproximar de seu período mais goleador da carreira.

Caso Hugo marque mais dois gols na Série D, ele fará do Santa Cruz um dos clubes em que mais balançou as redes na carreira, igualando o feito que alcançou em 2016, pelo Luverdense. Na ocasião, disputando a Série B, o atacante fez nove gols pela equipe de Lucas do Rio Verde. Se for observar o ano, o atleta fez 10, contando com um que anotou pelo Volta Redonda.

Considerando o recorte por média, a de Hugo do Santa já é a mais positiva. Os sete gols foram marcados em nove jogos, com uma frequência de 0,7 por partida. No Luverdense, ele fez nove em 26 compromissos (0,3).

O desempenho atual de Hugo, por exemplo, já superou os seis gols que o atleta marcou pelo Volta Redonda, em 2015, pelo Campeonato Carioca. Além disso, é mais do que o dobro do que o atacante anotou pela Ponte Preta, no Campeonato Paulista de 2019, quando fez três. Vale lembrar que, em 2013, o jogador vestiu outra camisa em Pernambuco, a do Náutico. Na ocasião, marcou apenas duas vezes em 18 partidas pela Série A.

Hugo balançou as redes na Série D nos jogos contra Sergipe (ida e volta da primeira fase), Atlético/BA, Juazeirense, Lagarto e Retrô. O jogador é o goleador coral da competição, com sete gols. Os atuais artilheiros da Série D são Franklin Mascote, da Fênix, eliminada pelo Tricolor, e Aleilson, do Trem, clube que não avançou ao mata-mata. Ou seja, nomes que já estão fora do torneio e podem ser ultrapassados.

Tocantinópolis na mira

O adversário do Santa Cruz na próxima fase da Série D é o Tocantinópolis. A equipe de Tocantins desclassificou o São Raimundo/AM, na segunda fase. Neste ano, o clube também ganhou os noticiários em Pernambuco ao eliminar o Náutico na primeira etapa da Copa do Brasil. Para o confronto, o técnico Marcelo Martelotte não terá o volante Arthur, expulso contra o Retrô. Elyeser deve ser o substituto.

Veja também

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega
São Paulo

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega