Santa reafirma desejo de lutar por vaga na Sul-Americana

Clube garantiu o direito de disputar o torneio após ser campeão do Nordestão, mas mudança no regulamento da Conmebol tirou a vaga dos pernambucanos

Premiação foi criada pelo vereador Hélio Guabiraba (sem partido)Premiação foi criada pelo vereador Hélio Guabiraba (sem partido) - Foto: Divulgação

A Copa Sul-Americana voltou a ser pauta no Santa Cruz. O desejo, silenciado por algumas semanas, ganhou voz nesta quinta (29), em anúncio feito no site oficial do clube. O Tricolor não aceitou a reformulação que a Conmebol fez na distribuição das vagas do torneio continental. Antes, o clube pernambucano havia recebido o direito de atuar na Sul-Americana por conta da conquista da Copa do Nordeste. Mas com a alteração no regulamento, tirando as participações oriundas de títulos regionais, a Cobra Coral perdeu o espaço, tendo como “recompensa” apenas sua entrada diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil. O Santa defende que a “vigência dos regulamentos anteriores deve ser respeitada”.

"O Santa Cruz está tomando as medidas legais cabíveis no que se refere à questão da vaga da Sul-americana. Temos um bom direito e iremos, junto às instâncias competentes, providenciar os recursos necessários para que nosso pleito seja reconhecido. Até a última instância, vamos fazer valer o nosso direito e o regulamento, que previa o campeão do Nordeste dentro desta competição de cunho internacional", afirmou o diretor jurídico, Eduardo Lopes.

De acordo com a nota, um documento está sendo enviado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que repassará as reivindicações à Conmebol. O Tricolor está sendo representado pelo advogado Osvaldo Sestário. Neste caso, ele defende o Santa, campeão do Nordeste, e o Paysandu, que conquistou a Copa Verde e também foi prejudicado com a mudança.

"Esse ofício, que será enviado à Conmebol, fala exatamente do direito adquirido dos clubes. Baseado nas leis brasileiras e no Estatuto do Torcedor. Se a Conmebol quiser aplicar isso a partir de 2018, tudo bem. Mas que seja mantido o direito atual", destacou Sestário.

Veja também

Fred marca 400º gol na carreira e Fluminense bate o Nova Iguaçu
Campeonato Carioca

Fred marca 400º gol na carreira e Fluminense bate o Nova Iguaçu

PSG quer renovar com Mbappé, mas já sondou Kane e Salah, diz jornal
Futebol Internacional

PSG quer renovar com Mbappé, mas já sondou Kane e Salah, diz jornal