Série C

Santa se impõe, derrota Imperatriz e segue líder no Grupo A

Gols de Denilson e Chiquinho confirmaram boa fase da Cobra Coral nas primeiras rodadas da Série C

Denilson e William Alves fizeram 'dobradinha' da defesa no primeiro gol tricolorDenilson e William Alves fizeram 'dobradinha' da defesa no primeiro gol tricolor - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

O Santa deu continuidade à arrancada na largada da Série C neste sábado e superou o Imperatriz, por 2x0, no Arruda. Os tricolores foram superiores ao longo dos 90 minutos e não encontraram obstáculos para dominar os maranhenses. Com o resultado, a Cobra Coral mantém a invencibilidade e a liderança no Grupo A. O próximo compromisso está marcado para o próximo sábado (5), quando visita o Vila Nova, em Goiânia. 

Momentos antes do início do jogo, surgiram informações que Toty estava fora do jogo. Um dos destaques do Santa no início da Terceirona, o lateral-direito sofreu uma entorse no tornozelo direito no último treino antes da partida e foi substituído por Augusto Potiguar. Embora estivesse mais propositivo, o Santa sentiu a ausência de Toty e pouco variou as chegadas no ataque nos minutos iniciais. Junior era alçado no lado esquerdo e cruzava na área, sem aproximação dos companheiros. Já Augusto Potiguar estava acanhado no lado direito, sem contribuir ofensivamente. O Imperatriz, por sua vez, apostava no contra-ataque, mas a transição era lenta e os tricolores recuperavam a bola sem esforço.

No entanto, o cenário mudou aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio caprichada, a combinação da zaga tricolor funcionou no ataque. William Alves desviou e Denilson pegou a sobra em seguida. A vantagem demorou um pouco a surtir efeito no gramado, mas estabeleceu a sequência do roteiro na primeira etapa. O Santa tomou o controle das ações do jogo e colocou em prática sua superioridade. Aos 34, Augusto Potiguar pegou bem na entrada da área e Uóston salvou os maranhenses. O goleiro fez mais defesas e impediu uma diferença maior no placar antes da ida ao vestiário.

Na volta do intervalo, o Cavalo do Aço tentou incomodar mais e emplacar uma marcação pressão. Porém, o compromisso defensivo do Tricolor, alinhado à fragilidade dos visitantes, provocou a estabilidade do cenário visto no primeiro tempo. As equipes cansaram, o que dificultou a manutenção do ritmo da etapa inicial. Sem sofrer sustos, o Santa seguiu aparecendo no último terço. Aos 27, Paulinho atravessou a ala esquerda e observou Chiquinho na área. Sem marcação, o meia pegou de primeira e não deu chances ao goleiro. O Cavalo de Aço não encontrou forças para reverter o placar, dando tranquilidade ao Santa, como foi durante os 90 minutos.

Ficha do Jogo

Santa Cruz 2

Maycon Cleiton; Augusto Potiguar, William Alves, Denilson e Júnior; André (Bileu), Paulinho (Tinga) e Chiquinho; Didira (Jeremias), Jaderson e Victor Rangel (Mayco Félix).

Imperatriz/MA 0

Uóston; Xandão (Henrique Mattos), Marcelino e Ramon (Vinícius Machado) (Thiago); Makeka (Lorran), Daniel Peixoto, Nonato, Cesinha e Hudson; Lucas Campos (Bruno Smith) e Anderson Cavalo. Técnico: Luís dos Reis.

Local: Estádio do Arruda (Recife/PE)
Arbitragem: Francisco Carlos do Nascimento (AL). Assistentes: Ruan Luiz de Barros Silva e Cláudio Camilo da Silva (trio de AL)
Gols: Denilson (aos 20 do 1ºT) e Chiquinho (aos 27 do 2ºT)
Cartão amarelo: Xandão (IMP), Nonato (IMP), Anderson Cavalo (IMP), Augusto Potiguar (STA) 

Veja também

"Agora é com a direção", diz Hélio sobre permanência no Náutico
Futebol

"Agora é com a direção", diz Hélio sobre permanência no Náutico

Buccaneers bate o Packers e Tom Brady carimba passaporte para seu décimo Super Bowl
NFL

Buccaneers bate o Packers e Tom Brady carimba passaporte para seu décimo Super Bowl