Santa tenta acabar com oscilação para se recuperar na Série C

Com três eliminações sofridas, o ano de 2019 do clube pode ser salvo com o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro

Técnico Leston Júnior em entrevista coletiva, no estádio do ArrudaTécnico Leston Júnior em entrevista coletiva, no estádio do Arruda - Foto: Daniel Lima/Folha de Pernambuco

Tudo ou nada! Só resta o Campeonato Brasileiro da Série C para o Santa Cruz, que acumula insucessos na atual temporada. Com três eliminações - quartas de final do Campeonato Pernambucano (Afogados da Ingazeira), semifinal da Copa do Nordeste (Fortaleza) e quarta fase da Copa do Brasil (Fluminense) -, o ano de 2019 do clube pode ser salvo com o acesso à Série B, principal objetivo. Para alcançar o feito, o técnico Leston Júnior tem como meta acabar com a oscilação do Tricolor o mais rápido possível.

“Essa variação nos deixa preocupado porque ela não pode acontecer, principalmente na Série C, que é o campeonato mais importante para o clube. Agora todas as outras competições acabaram e o nosso foco é total no Brasileiro. Com a qualificação do elenco, a gente pode ficar ainda mais forte em busca desse tão sonhado acesso”, declarou o treinador, em entrevista coletiva.

Com o péssimo início no Brasileirão - empate em 2x2 com o Treze/PB na estreia, no estádio do Arruda, e goleada sofrida para o Ferroviário por 3x0, na Arena Castelão -, o Santa precisa se recuperar imediatamente para sair da vice-lanterna da chave (9ª colocação, com apenas um ponto). Pela frente, a Cobra Coral tem um duro desafio diante do finalista da Copa do Nordeste, o Botafogo/PB. O duelo entre pernambucanos e paraibanos será disputado na próxima segunda-feira (13), no estádio Almeidão, em João Pessoa, pela terceira rodada do Grupo A da Série C.

O que chama a atenção é a queda drástica de produção do time de um jogo para o outro. O problema tem sido recorrente: contra o Fluminense, no Arruda, pela Copa do Brasil, a atuação da equipe do técnico Leston Júnior foi convincente, mas na partida seguinte, ante o Treze/PB, em casa, pela Série C, o desempenho acabou sendo negativo, assim como no confronto com o Ferroviário/CE. Já diante do Fortaleza, a Cobra Coral se comportou bem dentro de campo. Nos primeiros movimentos da temporada, a oscilação do Santa Cruz era considerada como algo natural porque o elenco começou praticamente do zero, mas agora é matar ou morrer.

Leia também:
Cesinha e Jeremias são resgatados no Santa Cruz
Santa dá folga ao elenco, espera retornos e já tem desfalque

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz