Esportes

Santos bate o Ceará e esquenta briga pela liderança

Time da Vila Belmiro venceu por 1x0, fora de casa, neste domingo (2), com gol de Eduardo Sasha, no segundo tempo

Fora de casa, Santos bateu o Ceará Fora de casa, Santos bateu o Ceará  - Foto: Ivan Storti | Santos FC

O Santos venceu o Ceará por 1x0, neste domingo (2), na casa do adversário, com gol de Eduardo Sasha, marcado aos cinco minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Santos alcançou 14 pontos e assumiu a liderança momentânea da classificação – aguarda o encerramento da rodada, já que o Palmeiras enfrenta a Chapecoense a partir das 19h. O Ceará, por sua vez, caiu para a nona posição, com 11 pontos. Na quinta (6), o Santos tem jogo de volta contra o Atlético/MG, que vale vaga na Copa do Brasil. O time empatou em 0x0 na primeira partida, em Belo Horizonte, e agora decide em casa.

A partida deste domingo teve um primeiro tempo bem morno. O Santos basicamente trocou passes sem oferecer perigo (teve 71% de posse de bola, mas faltou eficiência). Na marcação, deu espaços e precisou contar com boas intervenções de Everson. Já na etapa final, Felipe Jonatan deu maior velocidade pela esquerda, setor onde nasceu a jogada que terminou com o único gol da partida.

Leia também:
São Paulo empata e chega a cinco jogos sem vitória

O Ceará foi o oposto de seu oponente na primeira metade do jogo. Marcou forte, anulou os atacantes do Peixe e ficou bem mais perto de abrir o placar. Everson fez três boas defesas, e Thiago Galhardo quase marcou um bonito gol de esquerda. Ele pedalou, limpou a marcação e bateu rente à trave. Com exceção às jogadas individuais, o mandante sofreu para agredir o gol de Everson no segundo tempo.

Uribe
A estreia de Uribe no Santos foi apagada. A melhor chance do camisa 9, tanto pedido por Sampaoli, veio depois de cruzamento de Sánchez pela direita, ainda no primeiro tempo. O atacante tentou completar de letra, mas furou. Na sobra, a bola espirrou e bateu em sua cabeça, mas foi para fora.

Ficha do jogo

Ceará 0

Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho e Pedro Ken (Felipe Silva); Fernando Sobral, Thiago Galhardo e Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves); Bérgson (Ricardo Bueno).
Técnico: Enderson Moreira.

Santos 1
Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Lucas Veríssimo e Jorge; Jean Lucas, Carlos Sánchez e Jean Mota; Eduardo Sasha (Marinho), Copete (Felipe Jonatan) e Uribe (Alison).

Técnico: Jorge Sampaoli.
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Felipe Alan Costa de Oliveira
Cartões amarelos: Luiz Otávio e Fernando Sobral (Ceará); Carlos Sánchez (Santos)
Gol: Eduardo Sasha (SAN), aos 6 minutos do segundo tempo.

Veja também

Roberto elogia concentração do Náutico, mas lembra treino cancelado para comentar empate em Itu
Náutico

Roberto elogia concentração do Náutico, mas lembra treino cancelado para comentar empate em Itu

Perri pega pênalti, Náutico tem boas chances, mas não sai do empate com o Ituano
Série B

Perri pega pênalti, Náutico tem boas chances, mas não sai do empate com o Ituano