Futebol

São Bento tem surto de Covid e terá de escalar goleiro na linha pela Série C

O protocolo da CBF prevê que uma partida possa ser realizada se o time tiver no mínimo 13 atletas não infectados pelo coronavírus

São BentoSão Bento - Foto: Divulgação

O São Bento informou nesta segunda-feira (26) que 15 jogadores do seu elenco receberam diagnóstico de Covid-19.
Por isso, o time de Sorocaba não teria um número mínimo necessário de atletas de linha para encarar o Criciúma, às 18h, em partida pela Série C do Campeonato Brasileiro. Em nota, o clube afirmou que pediu o adiamento da partida à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), mas a entidade indeferiu a solicitação. Procurada pela reportagem, a assessoria da CBF confirmou que a partida está mantida.

"Acreditamos que essa decisão coloca em risco todos os profissionais que trabalharão no jogo: comissão e atletas do ECSB (Esporte Clube São Bento), comissão e atletas do Criciúma, além dos fiscais, árbitros e apoios", diz o clube, em nota. Ainda segundo o time paulista, para poder entrar em campo nesta segunda o técnico Edson Vieira terá de contar com atletas que estão no departamento médico, escalar um goleiro como jogador de linha, além de não dispor de reservas. O protocolo da CBF prevê que uma partida possa ser realizada se o time tiver no mínimo 13 atletas não infectados pelo coronavírus.

Para a entidade, o São Bento possui 17 jogadores disponíveis para o jogo contra o Criciúma. Destes, segundo o clube, quatro estão machucados, um está suspenso e os outros três são goleiros. "Os protocolos sanitários foram e continuam sendo seguidos pelo ECSB, mas infelizmente um surto de Covid-19 atingiu nosso elenco", argumentou o clube. O São Bento só venceu uma partida na atual edição da Série C e é o lanterna do Grupo B, com 8 pontos. Já o Criciúma está em quinto, com 15.

Veja a íntegra da nota do São Bento:

"O Esporte Clube São Bento não compactua com a decisão da CBF em manter o jogo de hoje. Os protocolos sanitários foram e continuam sendo seguidos pelo ECSB, mas infelizmente um surto de COVID-19 atingiu nosso elenco. Pedimos o adiamento da partida, mas o pleito foi recusado pela CBF, que confirmou o jogo para hoje. Acreditamos que essa decisão coloca em risco todos os profissionais que trabalharão na partida: comissão e atletas do ECSB, comissão e atletas do Criciúma, além dos fiscais, árbitros e apoios. Ao todo, são 15 jogadores testados positivos e mais 02 com sintomas, teremos que relacionar jogadores que estão no departamento médico para que ocorra essa partida. Infelizmente teremos que ir pro jogo sem banco de reservas e com um goleiro atuando na linha."

Veja também

Tonico Araújo nega defender adiamento das eleições por tempo maior para formalizar chapa
Santa Cruz

Tonico Araújo nega defender adiamento das eleições por tempo maior para formalizar chapa

Com surto de Covid-19, Athletico-PR desafia River Plate na Libertadores
Futebol

Com surto de Covid-19, Athletico-PR desafia River Plate na Libertadores