A-A+

Schulle ressalta boa atuação de Célio: ‘excelente jogo’

Zagueiro jogou improvisado na lateral-esquerda diante do Freipaulistano, e saiu de campo sob os aplausos da torcida coral, na Arena de Pernambuco

Célio Santos, zagueiro do Santa CruzCélio Santos, zagueiro do Santa Cruz - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Não é a primeira vez que o técnico Itamar Schulle se vê obrigado a improvisar na lateral-esquerda. E dessa vez a aposta foi mais do que bem sucedida. Fazendo seu segundo jogo com a camisa do Santa Cruz, o zagueiro de ofício Célio Santos, foi o escolhido para substituir Fabiano, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito, e não decepcionou. Além de atuar bem na recomposição defensiva, o atleta mostrou desenvoltura nos avanços ao ataque, investidas que resultaram na assistência que ele mesmo deu para um dos gols da Cobra Coral nesta quarta, na vitória tricolor por 3x1 sobre o Freipaulistano, na Arena de Pernambuco. 

“O Célio, desde que ele chegou, vimos usando ele de zagueiro e nos treinamentos de lateral também. Então, ele treina nesta posição e eu queria uma equipe mais alta e ele é um dos nossos jogadores mais rápidos. Teve a oportunidade de jogar na lateral, onde já havia jogado e eu vejo que fez um jogo muito consistente na parte defensiva e também na ofensiva. Foi um jogador que saiu até mais do que saiu nos treinos, se apresentou no ataque, cruzou muitas bolas. Então, ele fez um excelente jogo”, avaliou Itamar Schulle.

Mesmo ainda pouco acostumado com os lados do campo, Célio já atuou como lateral no Muangthong United, da Tailândia, último clube em que jogou antes de chegar pelas bandas do Arruda. O zagueiro ficou no país asiático por duas temporadas (2017-2018). Apesar do longo período que passou sem jogar - mais de um ano - o atleta tem mostrado boa resistência em campo, inclusive, sabendo utilizar bem o porte físico a seu favor nas disputas de bola. Contudo, o jogador foi substituído na segunda etapa da partida dessa quarta, com um desconforto na perna, ficando a cargo, agora, do DM analisar o grau do incômodo na reapresentação dos atletas, nesta quinta.

“É natural esses cuidados que a gente toma. Mais de um ano e pouco sem jogar, então colocamos ele em um jogo, deixamos de fora em outro e voltou a jogar hoje (ontem). Ele sentiu um pouco de peso na perna, tiramos e já está fazendo tratamento. Vamos ver com o Departamento Médico até que grau é esse cansaço, se é apenas cansaço ou se vai requerer um exame”, acrescentou o comandante coral.

Esse foi o segundo jogo do zagueiro com a camisa do Santa e o primeiro como titular. A estreia do jogador pelo Tricolor foi contra o Central, no Lacerdão, em partida que terminou em 0x0, pela quarta rodada do Pernambucano. Na ocasião, Célio atuou em sua posição de ofício, depois que Denílson foi expulso com cinco minutos de jogo, e também saiu de campo elogiado pela performance segura na linha de trás.

Leia também:
Setor defensivo vira escudo do Santa no início de 2020
Santa bate o Freipaulistano e entra no G4 do Grupo B da Copa do Nordeste
Venda de ingressos é iniciada para Santa x Náutico

Veja também

Chateado com gols de bola aérea, Florentín lamenta postura contra Palmeiras: 'ficamos muito atrás'
Sport

Chateado com gols de bola aérea, Florentín lamenta postura contra Palmeiras: 'ficamos muito atrás'

Sport sai na frente, não consegue segurar pressão e sofre virada para o Palmeiras
Campeonato Brasileiro

Sport sai na frente, não consegue segurar pressão e sofre virada para o Palmeiras