Sebastian Vettel explica contrato longo com a Ferrari

O alemão renovou por mais três temporadas com a escuderia italiana, surpreendendo o paddock

Sebastian Vettlel vê as chances de títulos ficarem mais difíceis Sebastian Vettlel vê as chances de títulos ficarem mais difíceis  - Foto: AFP

O anúncio da continuidade de Sebastian Vettel na Ferrari pelas próximas três temporadas surpreendeu o paddock no final de semana do GP da Bélgica. Afinal, esperava-se que o alemão buscasse ficar livre no final do ano que vem, quando vários contratos acabam, especialmente o atual acordo de Lewis Hamilton com a Mercedes. Mas o tetracampeão explicou que ainda não chegou onde queria com o time de Maranello.

"De certa forma, é bom parar com as perguntas. Estou muito feliz. Eu gosto muito desta equipe, é uma grande inspiração para mim desde quando eu era criança e via Michael (Schumacher) de vermelho", afirmou o piloto, ouvido pelo UOL Esporte, em Spa.

"Traçamos a meta há anos de trazer a Ferrari de volta ao topo e acho que estamos em um bom caminho, mas ainda não chegamos onde poderíamos. Estamos lutando para estar no topo. Acho que a missão não acabou ainda. Eu e esse time ainda temos muito a conquistar juntos."

Leia também:

Queda da Williams pode decidir o futuro de Felipe Massa 

Vettel afirmou ainda que o clima interno na Ferrari pesou na decisão de prolongar o contrato. "Somos uma boa combinação e eu estou muito feliz. A paixão que eu sinto aqui é algo que eu nunca senti. Então por que mudar? Fico muito feliz em continuarmos trabalhando juntos."

Isso não quer dizer, contudo, que o alemão não sondou suas possibilidades fora de Maranello. Niki Lauda afirmou que houve conversas entre o piloto e a Mercedes, mas elas acabaram "assim que ficou claro que ele queria ficar na Ferrari." O time italiano também anunciou na semana passada a renovação, por um ano, com Kimi Raikkonen.

Vettel é o líder do campeonato, com sete pontos de vantagem para Lewis Hamilton. A 13ª etapa do campeonato será realizada já neste final de semana, na Itália.

Veja também

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
Handebol

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport
Sport

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport