Segundo campo do CT do Santa Cruz a poucos passos de ser finalizado

Faltando apenas o plantio da grama e outras instalações, obras tiveram de ser paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus

Segundo campo do CT Ninho das CobrasSegundo campo do CT Ninho das Cobras - Foto: Cortesia

Antes com grande extensão sendo ocupada por metralha e areia batida, o Centro de Treinamento do Santa Cruz aos poucos vai ganhando nova visão, já delineada da construção de seu segundo campo, quase pronto, faltando algumas instalações para ser concluído. Apesar de bem encaminhadas, as obras foram interrompidas por conta da pandemia do novo coronavírus, e seguem sem previsão de retorno.

A ideia é que o Tricolor consiga construir três campos no espaço, localizado na Estrada da Mumbeca, na Guabiraba, Zona Norte do Recife. No momento, entretanto, o CT conta apenas com um campo, que é utilizado pelo elenco profissional e, inclusive, continua recebendo manutenção; vestiário para atletas e sala de imprensa. Enquanto isso, as obras no segundo campo estão bem encaminhadas, com os trabalhos de drenagem e manutenção da irrigação do solo finalizados. Resta agora a compra da grama, o plantio, a instalação dos alambrados e das barras.

Leia também:
Paralisação trava monitoramento de clubes sobre 'joias' do Santa
Presidente do Santa defende ‘bom senso’ para tomada de decisões pós-pandemia
Santa perto de definir redução salarial de elenco e comissão técnica

De acordo com Rogério Guedes, diretor das categorias de base do clube, o campo receberá treinamentos das categorias inferiores.“A base terá mais qualidade de treino durante a semana. Esperamos fazer um rodízio entre as três categorias: Sub-15, Sub-17 e Sub-20”, comentou. Segundo Guedes, o departamento de base está montando uma espécie de força-tarefa para mobilizar ex-presidentes do Santa, torcedores, conselheiros, patrocinadores e parceiros para ajudar no custeio da grama. Ele completou dizendo que falta um montante de aproximadamente R$ 250 mil para todo o campo ser concluído.

A reportagem tentou contato com o membro da Comissão Patrimonial, João Caixeiro, um dos responsáveis pelo andamento das obras, mas não obteve retorno até a publicação deste texto. O primeiro gramado do CT Ninho das Cobras foi inaugurado em 2018 como parte de um projeto encabeçado pela Comissão Patrimonial do clube, sob a liderança do próprio João Caixeiro, o grupo de torcedores Tricolores do CT e parceiros angariados pela torcida. 

Para angariar fundos, no período, a Comissão Patrimonial desenvolveu produtos que carregaram a marca do Santa Cruz, como bolo de rolo, cerveja artesanal (Colosso Coral), café (Tradição Coral), além de agendas, cadernos, chaveiros e calendários. 

Veja também

Kieza passa por cirurgia para reparo do tendão de Aquiles
Náutico

Kieza passa por cirurgia para reparo do tendão de Aquiles

Todos que já passaram pela ginástica feminina do Brasil se veem nessa medalha, diz Rebeca
Medalha de prata

Todos que já passaram pela ginástica feminina do Brasil se veem nessa medalha, diz Rebeca