Seleção feminina estreia no Sul-Americano com fácil vitória

Brasileiras bateram o Equador facilmente, por 3 sets a 0, com parciais de 25/8, 25/9 e 25/10, em Cajamarca, no Peru

Brasileiras passaram com incrível facilidadeBrasileiras passaram com incrível facilidade - Foto: Beto Doloriet/CSV

A seleção brasileira feminina de vôlei teve um ótimo começo em sua busca pelo 21º título Sul-Americano. A equipe estreou na competição batendo o Equador facilmente, por 3 sets a 0, com parciais de 25/8, 25/9 e 25/10, em Cajamarca, no Peru. As brasileiras e equatorianas estão no Grupo A do campeonato, que ainda conta com Argentina e Venezuela, adversária do Brasil nesta tarde, às 17h (horário do Recife).

Já o grupo B é composto por Colômbia, Uruguai, Peru e Bolívia. As quatro seleções se enfrentarão dentro de suas respectivas chaves As duas melhores de cada avançam à semifinal. O torneio sul-americana vai até o dia 1º de setembro. Há dois anos, na edição passada do certame, disputado em Cali, na Colômbia, as brasileiras levantaram a taça ao bater as colombianas na final por 3 sets a 0.

Leia também:
Vôlei: Brasil vence de virada e se garante em Tóquio-2020
Brasil fica fora do pódio no vôlei feminino


Na temporada 2019, a seleção feminina de vôlei garantiu sua classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 ao terminar o Pré-Olímpico com três vitórias em três jogos. No último mês de julho, as atletas comandadas pelo técnico José Roberto Guimarães ficaram com a medalha de prata na Liga das Nações. A fase final da competição foi disputada em Nanquim, na China.

Veja também

Após atraso, Governo publica lista do Bolsa Atleta com erros do início ao fim
Bolsa Atleta

Após atraso, Governo publica lista do Bolsa Atleta com erros do início ao fim

Hélio recebe apenas advertência e comandará Náutico na final
Futebol

Hélio recebe apenas advertência e comandará Náutico na final