Seleção feminina estreia no Sul-Americano com fácil vitória

Brasileiras bateram o Equador facilmente, por 3 sets a 0, com parciais de 25/8, 25/9 e 25/10, em Cajamarca, no Peru

Brasileiras passaram com incrível facilidadeBrasileiras passaram com incrível facilidade - Foto: Beto Doloriet/CSV

A seleção brasileira feminina de vôlei teve um ótimo começo em sua busca pelo 21º título Sul-Americano. A equipe estreou na competição batendo o Equador facilmente, por 3 sets a 0, com parciais de 25/8, 25/9 e 25/10, em Cajamarca, no Peru. As brasileiras e equatorianas estão no Grupo A do campeonato, que ainda conta com Argentina e Venezuela, adversária do Brasil nesta tarde, às 17h (horário do Recife).

Já o grupo B é composto por Colômbia, Uruguai, Peru e Bolívia. As quatro seleções se enfrentarão dentro de suas respectivas chaves As duas melhores de cada avançam à semifinal. O torneio sul-americana vai até o dia 1º de setembro. Há dois anos, na edição passada do certame, disputado em Cali, na Colômbia, as brasileiras levantaram a taça ao bater as colombianas na final por 3 sets a 0.

Leia também:
Vôlei: Brasil vence de virada e se garante em Tóquio-2020
Brasil fica fora do pódio no vôlei feminino


Na temporada 2019, a seleção feminina de vôlei garantiu sua classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 ao terminar o Pré-Olímpico com três vitórias em três jogos. No último mês de julho, as atletas comandadas pelo técnico José Roberto Guimarães ficaram com a medalha de prata na Liga das Nações. A fase final da competição foi disputada em Nanquim, na China.

Veja também

Conmebol pressiona, prefeita nega interdição e jogo do Flamengo vai acontecer
Libertadores

Conmebol pressiona, prefeita nega interdição e jogo do Flamengo vai acontecer

Marcão afirma ter recuperado confiança, e vê Sport favorito contra o Corinthians
Sport

Marcão afirma ter recuperado confiança, e vê Sport favorito contra o Corinthians