Seleção masculina vai bem no Mundial de ginástica e fica perto de Tóquio

Para se classificar à Olimpíada de Tóquio, o Brasil tem de terminar o torneio entre os nove melhores

A equipe ficou em terceiro lugar na classificação geral, atrás apenas de Taiwan e RússiaA equipe ficou em terceiro lugar na classificação geral, atrás apenas de Taiwan e Rússia - Foto: AFP

O Brasil foi bem no primeiro dia do Mundial masculino de ginástica, que acontece em Stuttgart, na Alemanha. A equipe ficou em terceiro lugar na classificação geral, atrás apenas de Taiwan e Rússia, dentre os 12 países que já se apresentaram.
Nesta segunda (7), outros 13, entre eles EUA, China e Grã-Bretanha, se apresentarão e complementarão a classificatória.

Para se classificar à Olimpíada de Tóquio, o Brasil tem de terminar o torneio entre os nove melhores, excetuando-se Rússia, China e Japão, que já estão classificadas porque foram medalhistas no Mundial de 2018. Neste sábado (5), a equipe brasileira feminina não conseguiu a vaga.

Arthur Zanetti, medalha de ouro na Olimpíada de Londres, em 2012, foi o destaque individual do país neste domingo. Ele ficou em segundo lugar, com uma boa nota, 14,700, a mesma de seu algoz na Rio-2016, o grego Petrounias Eleftherios (que ficou com o ouro enquanto Zanetti ganhou a prata naquela competição), e deve se classificar à final –a confirmação acontece nesta segunda, quando outros ginastas se apresentam.

Leia também:
Brasil ganha ouro no conjunto da ginástica rítmica no Pan
Meninas da ginástica rítmica faturam bronze na prova com bolas

Veja também

Atleta da seleção é criticada após fala preconceituosa sobre Paulo Gustavo
Futebol

Atleta da seleção é criticada após fala preconceituosa sobre Paulo Gustavo

Acompanhe todos os detalhes do Clássico das Emoções, válido pela fase semifinal do Pernambucano
Decisão

Acompanhe todos os detalhes do Clássico das Emoções, válido pela fase semifinal do Pernambucano