Seleção muda premiação e pagará por convocação

Seleção pagará além da convocação, classificação à final e título, mas os valores ainda não foram confirmados

Amistoso Rússia x BrasilAmistoso Rússia x Brasil - Foto: Alexander Nemenov/AFP

O debate segue e os valores ainda não foram fechados, mas uma coisa já é certa: o modelo de premiação da seleção brasileira para a Copa do Mundo 2018 será diferente em relação aos últimos mundiais.

Se antes o dinheiro só era depositado na conta de atletas e comissão técnica após avanços no torneio, agora a realidade aponta para um pagamento antes da Copa. Serão três etapas de premiações. A primeira, já estabelecida, será pela convocação para compor o grupo que vai à Rússia.

"Mudamos essa formatação. Cada atleta e membro da comissão técnica já será premiado pela convocação", explicou o coordenador de seleções, Edu Gaspar. Posteriormente, não haverá "bicho" por classificações fase a fase, apenas em caso de vaga na grande final na Rússia.

"Depois, a gente só discute premiação em caso de chegada na final e título. Dividimos por três. Lembram do processo que existia antigamente? Classificou primeira fase, premia. Passou, premia. Passou, premia. Não é a melhor forma de premiação. Chegar à semifinal e ser desclassificado e pagar não é justo. Mas eu acho justo ser premiado por convocação. E aí chega na final. Estando na decisão, teremos um prêmio. Em caso de título, mais um. São três etapas", completou o coordenador.

Veja também

Santa reage no fim, mas fica apenas no 2x2 com a Jacuipense
Futebol

Santa reage no fim, mas fica apenas no 2x2 com a Jacuipense

Dinamarca vence Rússia e avança às oitavas da Eurocopa
Futebol

Dinamarca vence Rússia e avança às oitavas da Eurocopa