Sport

Sem atuar desde julho, Neílton acusa Sport de negligência médica

Jogador afirmou que após cirurgia realizada em julho, sua lesão se agravou e não houve cuidados por parte do clube

Neílton, atacante do SportNeílton, atacante do Sport - Foto: Reprodução/Instagram

Depois de passar por uma cirurgia no tornozelo direito em julho, a expectativa era de que Neílton pudesse voltar a ajudar o Sport na temporada depois de 40 dias. No entanto, não foi o que aconteceu. Além do atacante não retornar, poucas informações sobre sua situação vinha sendo divulgada pelo clube pernambucano. Na noite desta sexta-feira (3), o jogador quebrou o silêncio e acusou o departamento médico leonino de tê-lo "largado". 

Sem entrar em campo desde julho, o atleta usou sua conta oficial no Instagram para fazer 4 publicações explicando sua situação clínica e o motivo de não ter voltado a jogar na temporada. Em julho, logo após passar pelo primeiro procedimento cirúrgico, Neílton já tinha alfinetado o departamento médico da gestão anterior.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Neilton Meira Mestzk (@neilton)

Nesta sexta, atacou o DM atual para explanar como ocorreu o procedimento de sua cirurgia e também como deveria ter acontecido sua recuperação. "Chegava no clube todos os dias perguntando para eles o que seria feito porque eu queria voltar a jogar. Todos me davam desculpas, chegaram a falar que não tinha mais o que ser feito e tentavam me convencer a jogar mesmo lesionado. De tanto reclamar da dor refiz os exames e adivinhem? Os exames mostravam que eu estava pior do que antes da cirurgia que foi feito pelo médico de "confiança deles", diz uma das publicações. 

Em outro trecho, o atacante afirma ter procurado seu médico de confiança. Na ocasião, o mesmo chegou a falar que o jogador estava pior do que antes de passar pela cirurgia, e que seria necessário outro procedimento cirúrgico. 

Sem esperar pelo Sport, o atacante então resolveu, por conta própria, realizar uma nova cirurgia no último dia 19. "Para minha surpresa e do médico foi encontrado vários fragmentos no meu tornozelo, inclusive um fragmento bem grande como mostro na foto, foi feito o conserto da primeira cirurgia e uma segunda cirurgia que deveria ter sido feito em julho porém ignorada pelo depto médico do Sport na ocasião. Não obtive mais retorno da parte do Sport, nem se quer pra saber como havia sido a cirurgia", contou. 

A reportagem tentou entrar em contato com o departamento médico rubro-negro, mas não obteve sucesso até a publicação desta matéria. 

Veja também

Brasileiros atingem top 6 no Mundial Paralímpico de esportes na neveMundial

Brasileiros atingem top 6 no Mundial Paralímpico de esportes na neve

Santos Dumont receberá pela primeira vez o Troféu José FinkelNatação

Santos Dumont receberá pela primeira vez o Troféu José Finkel