Sem crédito, Santa Cruz perde espinha dorsal da Série C

Dos 11 atletas que encerraram o Brasileiro como titulares, apenas três ficaram no Santa para a temporada 2019. Questão financeira foi decisiva para o desmonte do time

Jailson se transferiu para o Cuiabá, mas retornou ao SantaJailson se transferiu para o Cuiabá, mas retornou ao Santa - Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

O executivo de futebol do Santa Cruz, Luciano Sorriso, foi franco e direto sobre a saída dos atletas que faziam parte dos planos para a temporada 2019. “Sabíamos que iriamos perder jogadores que gostaríamos de contar”, simplificou. Sem fugir da realidade, o gerente remunerado sabe que a crise financeira do clube impede que a negociação ganhe um desfecho positivo. Dos 11 jogadores que terminaram a Série C deste ano como titulares, apenas três deles permaneceram no elenco: goleiro Ricardo Ernesto, zagueiro Danny Morais e atacante Pipico.

Leia também: 

Santa Cruz prioriza manutenção da espinha dorsal para 2019 

Atrasos salariais travam renovações no Santa Cruz para 2019 

O planejamento de manter a espinha dorsal para o próximo ano não foi concretizado. Exceto o volante Willian Maranhão e o atacante Robinho, que voltaram para o Boa Vista/RJ e o Ceará/CE, respectivamente, após empréstimo, o lateral-direito Vítor, o lateral-esquerdo Allan Vieira, o zagueiro Sandoval e os meias Carlinhos Paraíba, Arthur Rezende e Jaílson escolheram mudar de ares. Com a falta de credibilidade no mercado, o Santa não conseguiu segurá-los e perdeu a disputa para clubes de menor expressão do futebol brasileiro.

Dos 24 jogadores do grupo atual, dez são remanescentes, sete foram contratados e sete subiram das divisões inferiores para o profissional, sendo seis deles do Sub-23 e um do Sub-20. Mesmo sustentando uma base, o elenco sofreu uma grande reformulação e está sendo remontado com cautela.

Saídas

Lateral-direito Vítor foi para o Goiânia/GO;
Lateral-esquerdo Allan Vieira acertou com o Operário/PR;
Zagueiro Sandoval (sem clube);
Meia Carlinhos Paraíba (sem clube);
Meia Arthur Rezende fechou com o Boa Vista/RJ;
Meia-atacante Jailson se transferiu para o Cuiabá/MT. 

Veja também

Pleno do STJD julga na quinta-feira pedido do Flamengo por pausa no Brasileiro
Futebol

Pleno do STJD julga na quinta-feira pedido do Flamengo por pausa no Brasileiro

Auxiliar elogia Trindade e confirma repetição de time diante do Vila Nova
Futebol

Auxiliar elogia Trindade e confirma repetição de time diante do Vila Nova