Sem dificuldade, Santa Cruz goleia o Belo Jardim

Em jogo na Arena de Pernambuco, Tricolor bate por 4x0

Anderson Salles comemora golAnderson Salles comemora gol - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Em um jogo de poucos atrativos, em termos de classificação, e arquibancadas vazias na Arena de Pernambuco, o Santa Cruz fez o seu dever, na noite desta quarta-feira (5), diante do mandante Belo Jardim. Com dois gols de pênaltis, um de Anderson Salles e outro de Thomás, além de outros dois de Julio Sheik e André Luiz, os corais protagonizaram uma goleada de 4x0. Com o resultado, o Tricolor assumiu a segunda colocação do Campeonato Pernambucano, com 16 pontos.

Como prometido pelo técnico Vinícius Eutrópio, apenas cinco jogadores considerados titulares foram acionados para a partida contra o Belo Jardim. E apesar de a outra metade da equipe ser recheada de reservas, o Santa Cruz não precisou de muito para ser totalmente superior aos adversários. Ao final do primeiro tempo, 57% de posse de bola a favor do tricolor, com dez finalizações. Das duas que foram no gol, uma entrou, após cobrança de pênalti Anderson Salles, que empatou na artilharia coral com Halef Pitbull. Ambos têm seis tentos marcados na temporada.

A abertura do placar aconteceu aos 38 minutos do primeiro tempo. Pouco antes do pênalti marcado em cima de André Luiz, uma jogada dentro da área, que teve como protagonista Julio Sheik, foi motivo de reclamação nas vazias arquibancadas da Arena de Pernambuco. De fato, o primeiro lace pareceu mais claro que o segundo. Apesar da sensação de compensação, o “segundo” pênalti foi marcado e o gol anotado.

No segundo tempo, o Santa Cruz esbarrou nas próprias limitações criativas. Algo natural nesta temporada, apesar dos seis jogos de invencibilidade acumulados nesta temporada. Pouco a pouco, inclusive, os pendurados atletas tricolores foram tomando cartões amarelos. Assim, Júlio César, Tiago Costa, Anderson Salles, Thomás e David zeraram seus cartões para as partidas decisivas do Estadual. Objetivo, conseguido, com êxito.

Em um intervalo de tempo de dois minutos, entre os 30 e 32 do segundo tempo, o Santa Cruz aumentou sua vantagem no jogo. Primeiro foi Thomás, em cobrança de pênalti. Depois, Julio Sheik aproveitou lançamento de Nininho. Aos 37 minutos, André Luiz arriscou de fora e deu números finais ao jogo.

FICHA DE JOGO

BELO JARDIM
Andrei; Denilson; Venturosa, Fabinho e Junior; Vítor Xisto, Tony (Elche), Nininho e Bruno Sacomani (Makson); Rogerinho e Raniel. Técnico: Luciano Velozo

SANTA CRUZ
Julio Cesar; Gabriel Vallés (Nininho), Anderson Salles, Eduardo Brito e Tiago Costa; Wellington Cézar, David, Júlio Sheik (Halef Pitbull), André Luís e Thomás; Facundo Parra (Pereira). Técnico: Vinícius Eutrópio

Local: Arena de Pernambuco
Horário: às 21h45
Árbitro: Emerson Luiz Sobral
Assistentes: Elan Vieira de Souza e Clovis Amaral da Silva
Gols: Anderson Salles (aos 38 do 1ºT); Thomás (aos 30 do 2ºT); Julio Sheik (aos 32 do 2 ºT)
Cartões: Xisto, Fabinho (Belo Jardim); Thomás, Anderson Salles, Júlio César, André Luiz, Tiago Costa, David (Santa Cruz)
Público: 1370
Renda: R$ 5.925,00

Veja também

Inter humilha São Paulo no Morumbi e volta à liderança do Brasileiro
Campeonato Brasileiro

Inter humilha São Paulo no Morumbi e volta à liderança do Brasileiro

Veja como o Náutico pode se livrar na próxima rodada do risco de queda à Série C
Futebol

Veja como o Náutico pode se livrar do risco de queda à Série C