Sem fisiologista desde maio, Santa busca profissional para função

Desde a saída de Kelmo Bonatto em maio deste ano para o Floresta/CE, nenhum substituto foi contratado para o cargo

Vice-presidente de futebol Felipe Rêgo BarrosVice-presidente de futebol Felipe Rêgo Barros - Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

Após ser pego de surpresa com a ida de Flávio Trevisan para o Al Faisaly, da Arábia Saudita, o Santa Cruz trouxe de volta o preparador físico Jailton Cintra, demitido no dia 26 de setembro deste ano. De acordo com o vice-presidente de futebol Felipe Rêgo Barros, a diretoria já procurava no mercado um profissional para assumir o sistema de preparação física integrada entre base e profissional, além de um fisiologista.

“Estamos conduzindo o planejamento e seguindo o nosso cronograma. Precisávamos de um substituto para Trevisan, que era um elemento do novo programa de preparação física. Também queremos, num segundo momento, um fisiologista. É fundamental para o trabalho integrado”, declarou o dirigente.

O preparador físico Flávio Trevisan estava apalavrado com a direção de futebol para renovar o seu contrato com o Santa, mas mudou seus planos depois de receber uma proposta tentadora de fora do País. A transferência de forma inesperada não chateou os diretores tricolores.

Além de Jailton Cintra, o clube conta Cláudio Romão na preparação física. Ele foi promovido da base para o profissional este ano. Por outro lado, já são cinco meses sem um fisiologista. Desde a saída de Kelmo Bonatto em maio deste ano para o Floresta/CE, nenhum substituto foi contratado para o cargo. No fim do ano passado, Clovis Calado acabou sendo demitido após uma passagem de nove anos no Tricolor.

Leia também: 

Preparador físico e auxiliar técnico retornam ao Santa Cruz 

Zé do Gol volta ao Santa Cruz após experiência na Bolívia 

Veja também

“Grande Copa do Mundo”, diz Ventura sobre reta final do Sport na Série A
Futebol

“Grande Copa do Mundo”, diz Ventura sobre reta final do Sport na Série A

Japão crê que será difícil realizar Jogos Olímpicos, diz jornal
Olimpíada

Japão crê que será difícil realizar Jogos Olímpicos, diz jornal