Futebol

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020

Jogo entre clubes que estão brigando atualmente contra o rebaixamento à Série C será nos Aflitos

Jogadores comemoram gol de Kieza contra o OesteJogadores comemoram gol de Kieza contra o Oeste - Foto: Antonio Cicero/Photo Press/Folhapress

Para Náutico e Cruzeiro, equipes que se enfrentam neste domingo (25), nos Aflitos, pela Série B do Campeonato Brasileiro 2020, a presença na competição tem gostos diferentes. No caso do Timbu, um retorno comemorado após dois anos amargos na Série C. A Raposa vê como uma mancha na história, já que se vangloriava de nunca ter caído de divisão. Certo era de que os clubes, em princípio, estavam na lista dos cotados a conseguir uma vaga na Série A do ano que vem. O cenário atual, todavia, está bem diferente. Pernambucanos e mineiros estão na parte inferior da tabela, lutando contra a degola. O que poderia ser um duelo de postulantes ao acesso, hoje é um jogo dos desesperados.

O Náutico já teve em rodadas passadas atletas desfalcando o time após serem infectados pelo coronavírus. Desta vez, quem testou positivo para a Covid-19 foi o técnico Gilson Kleina. Depois de sentir sintomas gripais leves, ele entrou em contato com o DM alvirrubro e permaneceu em isolamento domiciliar. O comandante realizou o teste de RT-PCR. O resultado atestou a presença do vírus. Com isso, quem treinará o time será o auxiliar-técnico, Juninho Lola.

Apesar de clinicamente bem, Kleina cumprirá o protocolo oficial da CBF, antes de retornar aos treinamentos. Durante esse período, o treinador será monitorado diariamente pelo DM alvirrubro. Já os testes feitos pelos atletas, para a partida contra o Cruzeiro, tiveram resultado negativo. Com isso, os jogadores relacionados estão liberados para entrar em campo.

“Estou me sentindo cada vez melhor. Vou cumprir o protocolo e logo estarei de volta. Não estarei fisicamente, mas estarei atuando diretamente de casa. A torcida e os atletas podem ter certeza que o clube estará em boas mãos com uma comissão técnica competente”, afirmou o treinador. 

Sem Willian Simões, suspenso, Kevyn deve assumir a lateral-esquerda. Há, também, a opção de Igor Miranda, atleta da posição que chegou recentemente e já foi regularizado. O meia Marcos Vinícius é outro que fica à disposição do Timbu e pode estrear. Na zaga, a novidade pode ser Ronaldo Alves. O defensor se recuperou de uma lesão no tendão de Aquiles que o tirou dos gramados por oito meses e esteve no banco de reservas no jogo anterior, perante o Oeste.

Um dos principais jogadores do Náutico na temporada, o atacante Kieza já passou pelo Cruzeiro. Pela Raposa, em 2010, ele participou de apenas seis jogos, marcando dois gols. Segundo o próprio atleta, sua saída de Minas Gerais foi ocasionada por fatores que ultrapassam as quatro linhas. 

“Eu era muito menino. Quando você é jovem, faz coisas que se arrepende depois que fica mais experiente. No Cruzeiro, eu me machuquei, fiz cirurgia e também não estava com a cabeça no lugar. Fiz algumas coisas fora de campo que me atrapalharam muito. Isso foi um ponto crucial que fez minha passagem não ter sido boa. Ir para o Náutico (em 2011) foi uma escolha maravilhosa na minha carreira, onde cresci, evolui e amadureci muito”, afirmou.

Ficha técnica

Náutico

Jefferson; Hereda, Carlão (Ronaldo Alves), Camutanga e Kevyn; Rhaldney, Jhonnatan, Jorge Henrique e Jean Carlos; Vinícius e Kieza. Técnico interino: Juninho Lola

Cruzeiro

Fábio; Daniel Guedes, Cacá, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jadsom, Régis e Marquinhos Gabriel; Arthur Caique e Marcelo Moreno. Técnico: Felipão

Local: Aflitos (Recife/PE)
Horário: 16h
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP). Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
Transmissão: Premiere FC

Veja também

Acompanhe em tempo real a partida Santa Cruz x Ferroviário
Futebol

Acompanhe em tempo real a partida Santa Cruz x Ferroviário

Sem Lewis Hamilton, Bottas conquista 5ª pole no ano
Fórmula 1

Sem Lewis Hamilton, Bottas conquista 5ª pole no ano