Sem Lucarelli e Borges, Brasil tem dor de cabeça pré-Mundial

Lucarelli ainda tem chances de competir, mas Maurício Borges não, desfalcando seriamente o ataque da seleção

Lucarelli, ponteiro da seleção brasileira e do TaubatéLucarelli, ponteiro da seleção brasileira e do Taubaté - Foto: Divulgação/FIVB

Convocado no dia 11 de julho, o ponteiro Ricardo Lucarelli está fora dos treinamentos com a seleção brasileira de vôlei, que inicia preparação para o Campeonato Mundial, em setembro. A decisão pelo corte aconteceu após uma reunião realizada no Aeroporto de Guarulhos (SP), na terça-feira (17), entre os departamentos médicos da seleção masculina e do EMS Taubaté Funvic (SP), clube pelo qual o ponteiro atua. De acordo com os últimos exames, o jogador ainda não tem condições físicas de ser submetido à rotina de trabalho com a seleção e, por isso, está dispensando temporariamente.

Agora, Lucarelli se junta ao também ponteiro Maurício Borges, outra baixa na equipe após passar por cirurgia no joelho direito por conta de uma lesão na Fase Final da Liga das Nações, no começo de julho. A ausência dos dois, que a princípio estão fora do Mundial, levanta dúvidas relacionadas até onde o Brasil pode ir no campeonato. Isso porque a posição vive um momento de instabilidade, situação evidenciada justamente nos jogos decisivos da Liga das Nações. Já sem Lucarelli, a equipe sentiu o baque quando perdeu Lipe, com uma lesão muscular na panturrilha esquerda. Após a lesão de Maurício Borges, a carência ficou ainda mais evidente.

Lucarelli passou por cirurgia no tendão de aquiles direito no mês de novembro. Após oito meses de tratamento, o staff da seleção se reuniu com profissionais das áreas médica e administrativa do clube paulista e chegaram ao acordo pela dispensa temporária do atleta. Lucarelli é um dos principais atacantes do Taubaté e, após perdê-lo em boa parte da última temporada, não é interessante para o time correr o risco de prejudicar o tratamento.

“Tivemos uma reunião muito positiva com a comissão técnica do time de Taubaté, na qual conversamos e chegamos à conclusão que Lucarelli ainda não está em condição, do ponto de vista médico, de se apresentar à seleção brasileira. Tudo isso está dentro do prazo de recuperação do atleta e, por isso, vamos voltar a nos reunir e fazer novas avaliações em agosto”, explicou o médico da seleção brasileira, Ney Pecegueiro do Amaral.

O contato que já havia entre os profissionais da área médica da seleção e do clube será ainda mais constante a partir de agora, e o ponteiro campeão olímpico será reavaliado, em um trabalho em conjunto, no mês de agosto para uma possível reconvocação. Na preparação para o Campeonato Mundial, principal compromisso da seleção brasileira na temporada, Renan chamou os ponteiros Lipe, Rodriguinho, Victor, Lucas Lóh e Douglas, além de Kadu, que está como atleta convidado. Todos se apresentaram no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), nesta terça (17). Na próxima segunda-feira (23), chegam os levantadores Bruninho e William, o líbero Thales, os centrais Lucão, Maurício Souza, Éder e Isac, e os opostos Wallace e Evandro.

Veja também

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina
Rugby

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival