Sem Neymar e Cavani, PSG tem difícil duelo contra United

Dos famosos 'MCN' - Mbappe, Cavani e Neymar - apenas o prodígio francês de 19 anos estará em Old Trafford

Kylian Mbappé Kylian Mbappé  - Foto: FRANCK FIFE / AFP

O Paris Saint-Germain, desfalcado das estrelas Neymar e Edinson Cavani, viaja para Manchester na terça-feira para enfrentar o United no jogo de ida das oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Dos famosos 'MCN' - Mbappe, Cavani e Neymar - apenas o prodígio francês de 19 anos estará em Old Trafford. "Estou preocupado porque estou perdendo jogadores importantes", reconheceu no domingo o técnico do PSG, Thomas Tuchel. "Para os jogos decisivos na Liga dos Campeões, é absolutamente necessário jogar com os principais jogadores que têm muita experiência", acrescentou.

O atual campeão francês perdeu Neymar há algumas semanas, que machucou o pé direito e não vai jogar até abril. No sábado foi a vez de Cavani, que no momento de bater o pênalti contra o Bordeaux (1-0) sofreu um problema muscular. O PSG continua tendo uma equipe competitiva, com jogadores como Ángel Di María, que vai enfrentar seu ex-clube, ou o alemão Julian Draxler, mas a ausência de peças no banco é evidente.

Além dos problemas no meio do campo - Marco Verratti acaba de retornar após lesão e Adrien Rabiot ainda está afastado por não querer renovar - agora a equipe sofre com a falta de jogadores decisivos. Além de Mbappé, o ataque parisiense tem o camaronês Eric-Maxim Choupo Moting, sempre decepcionante nos 50 minutos em que jogou na Champions este ano. Ele poderia ser titular na terça-feira no grande dia.

Ressuscitados com Solskjaer

Já para o Manchester United, tudo vai bem desde a saída do técnico José Mourinho no dia 18 de dezembro e a chegada de Ole Gunnar Solskjaer, que ainda não sofreu uma derrota. Jogadores como Paul Pogba, autor de dois gols no sábado diante do Fulham (3-0), parecem ter ressuscitado com o treinador norueguês. Também é o caso de outro francês, Anthony Martial, que brilhou na mesma partida com uma assistência e um gol.

"Uma pena para Old Trafford", acrescentou sobre a baixa de Neymar no PSG o técnico Solskjaer, que volta à Champions 20 anos depois da mítica final em Barcelona, quando foi decisivo para o United ao entrar nos últimos minutos e marcar o gol do título diante do Bayern de Munique.

Em outro jogo da mesma fase, a Roma recebe o Porto. Em quatro confrontos o clube português nunca perdeu para o italiano. A Roma volta às eliminatórias da Champions, tornei em que no ano passado fez uma grande campanha, eliminando o Barcelona, até ser eliminada pelo Liverpool nas semifinais. Mas o time não parece tão brilhante este ano, como como mostra sua sexta posição no Campeonato Italiano.

Leia também:
Diretoria do Flamengo sai de reunião sem respostas sobre incêndio
Atletas do Criança Cidadã garantem vaga em Nacional

Veja também

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina
Rugby

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival