Sem poupar titulares, Santa resiste à expulsão e bate Salgueiro

Tricolor do Arruda reassume liderança do Pernambucano e já volta a campo na próxima quinta-feira

Pipico e companheiros comemoram golaço que igualou o marcador no ArrudaPipico e companheiros comemoram golaço que igualou o marcador no Arruda - Foto: Léo Malafaia / Folha de Pernambuco

No ritmo de uma maratona insana, o Santa Cruz manteve o 100% de aproveitamento no Campeonato Pernambucano e retornou para a liderança após superar na noite desta terça-feira o Salgueiro, por 2x1, no Arruda. Apesar do bom resultado e o índice positivo, o técnico Itamar Schülle foi criticado pela escolha de utilizar os titulares no duelo. Além de ser o oitavo jogo consecutivo de alguns jogadores, como Pipico, a Cobra Coral já tem um compromisso importante amanhã contra o ABC, pela Copa do Nordeste.

Leia também:

Santa Cruz oficializa acerto com polivalente Chiquinho

Lanterna do Grupo B, Santa inicia Nordestão diferente dos últimos dois anos 

A opção de Schülle pela força máxima pegou de surpresa quem esperava uma formação alternativa. O desempenho burocrático do time, no entanto, pesou na decisão de Itamar para resgatar a confiança contra o Carcará. Porém, o começo do jogo foi diferente do que o comandante imaginava. Logo no primeiro minuto, Toty se atrapalhou sozinho na defesa e permitiu a roubada de bola por William Anicete. O atacante foi cirúrgico para executar o drible diante de Maycon Cleiton e só precisou empurrar para as redes.

As arquibancadas do Arruda reagiram negativamente ao gol precoce e à falha do lateral. Os jogadores tricolores, ainda assim, não se abateram e logo responderam com investidas perigosas. Com certa dificuldade para infiltrar na zaga sertaneja, a Cobra Coral trocava passes pacientemente até encontrar espaços. A pressão dos donos da casa não deixava o Salgueiro respirar, que não encontrava os caminhos para sair da parte de trás. Não demorou até a contundência do ataque coral ter resultado. Aos 19 minutos, Pipico avançou sozinho em direção à entrada área e, fazendo valer o poder de decisão que possui, soltou um petardo sem chances para Tanaka. Após o gol, o Carcará diminuiu as brechas da marcação e o Santa não apareceu mais com tanto perigo.

Na volta do intervalo, os técnicos promoveram uma mudança em cada um dos times. Schülle promoveu a entrada de Bileu no lugar de Denilson, que sentiu dores no joelho. Daniel Neri colocou Tarcísio e tirou Bruce. Os sertanejos tiveram outra postura e voltou incomodando a defesa coral. Apesar de corrigir os defeitos, não foi capaz de superar a imposição do Tricolor do Arruda. Aos oito minutos, Após belo passe de Paulinho, Fabiano cruzou e contou com a infelicidade do zagueiro Adenilson para confundir Cesar Tanaka. O controle do jogo continuou nas mãos do Carcará, principalmente por conta da expulsão de Danny Morais pouco tempo depois. Dessa forma, os tricolores dobraram os esforços para evitar a igualdade. Já perto dos acréscimos, Maycon Cleiton fez uma defesa milagrosa após chute cruzado de Adenilson e assegurou a vitória coral.

Santa Cruz 2

Maycon Cleiton, Toty, William Alves, Danny Morais, e Fabiano; Denílson (Bileu), Paulinho e Didira; Mayco Félix (Augusto Potiguar), Patrick (Feliphe Gabriel) e Pipico. Técnico: Itamar Schülle 

Salgueiro 1

Tanaka; Adenilson, Arthur, Ranieri e Daniel Rodrigues; Raimundinho (Caetano), Willian Daltro, Bruce (Tarcísio) e Renato Henrique; Willian Anicete (Thomas Anderson) e Muller Fernandes. Técnico: Daniel Neri

Local: Arruda

Árbitro: Paulo Belence Alves dos Prazeres Filho. Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Jose Romao da Silva Neto

Gols: Wilian Anicete (SAL) aos 1’ do 1º; Pipico (STA) aos 19’ do 1ºT; Fabiano (STA)aos 8’ do 2ºT

Cartões amarelos: Danny Morais (STA), Wilian Anicete (SAL), Arthur (SAL),

Cartão vermelho: Danny Morais (STA)
 

Veja também

Gols de Victor Rangel mantêm invencibilidade do Santa contra o Itabaiana
Santa Cruz

Gols de Victor Rangel mantêm invencibilidade do Santa contra o Itabaiana

Náutico renova com Hélio dos Anjos até final da Série B de 2021
Futebol

Náutico renova com Hélio dos Anjos até final da Série B de 2021