Sem previsão de alta, Follmann terá tornozelo operado

"O paciente passou bem nas últimas 72 horas, sem intercorrências clínicas", indicou o hospital

No encontro, realizado na Câmara Federal, o parlamentar detalhou um pouco do seu projeto que pretende substituir outros 11 tributos por um imposto único.No encontro, realizado na Câmara Federal, o parlamentar detalhou um pouco do seu projeto que pretende substituir outros 11 tributos por um imposto único. - Foto: Divulgação

Única vítima do acidente da Chapecoense que ainda está internada, o goleiro do time catarinense Jackson Follmann passará por cirurgia no tornozelo esquerdo nesta segunda-feira (2). O jogador ainda não tem previsão de alta da Unimed de Chapecó (SC), informa o boletim médico.

"O paciente passou bem nas últimas 72 horas, sem intercorrências clínicas. Segue recebendo antibioticoterapia endovenosa, sem alterações em seu exame físico", diz o boletim. "Os exames laboratoriais seguem melhorando e todas as culturas realizadas deram negativas. Será submetido à artrodese (fixação cirúrgica de uma articulação) do tornozelo esquerdo hoje à tarde, e ainda não há previsão de alta hospitalar", completa o documento.

Follmann foi o primeiro jogador a ser transferido da Colômbia para o Brasil. O goleiro, que teve a perna direita amputada, foi levado direto para São Paulo, onde ficou internado e passou por procedimentos antes de ser levado a Chapecó. Internado na Unimed da cidade catarinense, foi o único sobrevivente do acidente a passar as festas de fim de ano hospitalizado.

Veja também

Sem Bolt, prova dos 100 m nas Olimpíadas tem ex-lançador de beisebol e atleta de bobsled
Jogos Olímpicos

Sem Bolt, prova dos 100 m nas Olimpíadas tem ex-lançador de beisebol e atleta de bobsled

Fluminense bate o Criciúma por 3 a 0 e vai às quartas da Copa do Brasil
Futebol

Fluminense bate o Criciúma por 3 a 0 e vai às quartas da Copa do Brasil