Sequência motiva o Tricolor para Clássico das Emoções

Vitórias nos últimos jogos deu injeção de ânimo no elenco do Santa Cruz, que enfrenta o Náutico, neste sábado

Júnior Rocha em treino do Santa CruzJúnior Rocha em treino do Santa Cruz - Foto: Santa Cruz/Rodrigo Baltar

Assim como o Náutico, o Santa Cruz chega embalado para o primeiro Clássico das Emoções da temporada, às 18h30 deste sábado (17), no Arruda, pela 7ª rodada do Campeonato Pernambucano. Após um início de ano desastroso, a maré parece ter virado no Tricolor, que emendou sua melhor sequência até agora, com duas vitórias consecutivas e um empate. A série invicta traz mais confiança para o técnico Júnior Rocha, além de uma tranquilidade maior no ambiente interno.

“É um motivo a mais para o torcedor nos apoiar dentro de casa. Os resultados positivos são importantes para dar segurança ao trabalho”, ressaltou o treinador depois de conquistar o primeiro triunfo no Estadual (1x0 sobre o Afogados da Ingazeira, no Sertão pernambucano).

Após figurar pela primeira vez entre os oito que se classificam para o mata-mata do Pernambucano, o Santa prega pés no chão, freia a empolgação e projeta alcançar o G4 pela vantagem de jogar em casa a partida única das quartas de final. Atualmente, a Cobra Coral está na quinta posição, com seis pontos.

“Não ganhamos nada. E ainda não estamos bem na tabela, até porque temos que terminar entre os quatro melhores. Mas só vamos conseguir com calma e jogo a jogo. Não podemos achar que iremos ganhar de qualquer jeito. O futebol está muito competitivo”, avisou Júnior Rocha. Além da recuperação na temporada, outro ponto positivo é que o sistema defensivo não toma gols há duas partidas, algo inédito.

Igualdade
Maratona de jogos e tempo curto para trabalhar são dois pontos citados repetitivamente no futebol brasileiro. Com três competições sendo disputadas simultaneamente neste primeiro semestre - Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil -, o desgaste físico é uma queixa frequente dos atletas. “Está todo mundo com o calendário cheio, mas também é mérito do clube que conquistou as vagas”, simplificou o técnico Júnior Rocha.

Leia também:
Santa Cruz deve ganhar opções para encarar o Náutico
Santa Cruz respira no Estadual, mas mira G4 por vantagem
Tricolor paga metade da folha, mas antecipa cotas

O Santa foi até o Sertão do Estado encarar o Afogados da Ingazeira, enquanto o Náutico estava no interior da Bahia, onde derrotou o Fluminense de Feira/BA por 1x0 e se classificou para a Terceira Fase da Copa do Brasil. As delegações pernambucanas já retornaram ao Recife, mas priorizaram o descanso ontem. A Cobra Coral e o Timbu fazem um único treino tático nesta sexta (16), às vésperas do Clássico, e encerram os preparativos de forma semelhante.

Veja também

Saiba como os candidatos da oposição atuaram no passado do Santa Cruz
Eleição

Saiba como os candidatos da oposição atuaram no passado do Santa Cruz

O adeus de uma lenda: Anderson Silva se despede do UFC neste sábado
UFC

O adeus de uma lenda: Anderson Silva se despede do UFC neste sábado