Serena Williams disputará final do Aberto da Austrália contra Venus

Esta será a nona final entre as irmãs Williams em um dos quatro torneios de Grand Slam e a primeira desde a edição de 2009 em Wimbledon

Serena Williams Serena Williams  - Foto: Paul Crock/AFP

A tenista americana Serena Wiliams, número dois do mundo, enfrentará sua irmã Venus na final do Aberto da Austrália, depois de derrotar a croata Mirjana Lucic-Baroni em dois sets, por 6-2 e 6-1, nesta quinta-feira em Melbourne.

Esta será a nona final entre as irmãs Williams em um dos quatro torneios de Grand Slam e a primeira desde a edição de 2009 em Wimbledon, quando Serena venceu.

"Estar novamente as duas em uma final é o maior de nossos sonhos", afirmou Serena, de 35 anos, ante os espectadores do Rod Laver Arena.

A final de 2009 havia sido a última de Grand Slam de Venus Williams, que entre 2010 e 2014 viu sua carreira ser ofuscada parcialmente por problemas de saúde.

Esta americana de 1,85, a jogadora mais veterana do torneio, com 36 anos, se classificou para a final de Melbourne vencendo sua compatriota Coco Vandeweghe em três sets, por 6-7 (3/7), 6-2 e 6-3.

Por sua vez, Serena não deixou nenhuma oportunidade para Lucic-Baroni e marcou quase duas vezes mais pontos que ela (56 contra 33).

A mais nova das irmãs Williams busca conquistar seu 23º título de Grand Slam, que daria a ela o recorde da era profissional, à frente de Steffi Graf (22), e a aproximaria do recorde absoluto da australiana Margaret Court (24).

Se vencer pela sétima vez o Aberto da Austrália, Serena recuperará a primeira posição mundial.

Esta será a 15ª grande final e a segunda na Austrália para Venus, sete vezes ganhadora em Grand Slam (5 em Wimbledon e 2 no Aberto dos Estados Unidos), após a de 2003, que Venus perdeu também contra sua irmã.

- Simples feminino (semi-finais):

Venus Williams (EUA/N.13) derrotou Coco Vandeweghe (EUA) 6-7 (3/7), 6-2, 6-3

Serena Williams (EUA/N.2) X Mirjana Lucic-Baroni (CRO) 6-2, 6-1

Veja também

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio
Futebol

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada
Tóquio 2021

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada