Serena Williams voltará às quadras no Dia da Mulher

O último torneio oficial disputado por ela foi o Australian Open de 2017. Depois, dedicou-se à gravidez

Serena Williams Serena Williams  - Foto: Paul Crock/AFP

A tenista Serena Williams, 36 anos, confirmou nesta quarta-feira (7) que voltará a disputar um torneio profissional na quinta (8), no Dia Internacional da Mulher. Ela enfrentará a cazaque Zarina Diyas, número 53 do ranking, em sua estreia em Indian Wells. O último torneio profissional que ela disputou foi o Aberto da Austrália de 2017, no qual foi campeã.

A ex-melhor do mundo se afastou das competições por conta do nascimento da primeira filha, Alexis Ohanian, em setembro. Serena disse recentemente que sofreu complicações após o parto e quase morreu.

"É oficial. A minha volta está aqui. Nesta quinta, eu voltarei a jogar tênis profissionalmente pela primeira vez desde o nascimento da minha filha. Eu estive disputando torneios durante todo o mês na Califórnia e na Flórida - meus estados natais. Esta quinta, dia em que jogarei a minha primeira partida, será marcada pelo Dia Internacional da Mulher. Minha volta não poderia ser em um dia melhor", disse Serena, em uma postagem no Instagram.

Leia também:
Serena Williams e as dificuldades no retorno às quadras
Serena Williams revela que quase morreu após dar à luz
Serena Williams é mais uma a desistir do Australian Open
Tênis é machista e desigual, diz Serena Williams

Serena já havia disputado outros jogos de exibição anteriormente. Ela foi derrotada pela atual campeã de Roland Garros, Jelena Ostapenko, na primeira vez que retornou às quadras, no dia 30 de dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Em entrevista ao jornal americano The Wall Street Journal, a tenista afirmou que está empenhada em conquistar títulos e descartou a possibilidade de se aposentar em um futuro próximo.

"Não existe nenhuma regra que diz que você deve se aposentar aos 30 anos", declarou Serena. "Todos os melhores tenistas do mundo estão com 30 anos. A tecnologia está melhor para permitir que a carreira dos atletas seja prolongada", afirmou a americana.

Em janeiro, Serena deixou o ranking mundial pela primeira vez em 21 anos. Por não ter participado de nenhum torneio no ano passado, ela perdeu os 2.000 pontos faturados com a conquista do Aberto da Austrália de 2017.

A primeira vez que Serena apareceu no ranking foi em 20 de outubro de 1997, quando ocupou a 453ª posição. À época tinha apenas 16 anos. Serena é a segunda maior vencedora de Grand Slams de todos os tempos, com 23 taças. A recordista é Margaret Court, com 24.

Veja também

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal
NFL

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque
Futebol

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque