Setién evita entrar em polêmica envolvendo Abidal e Messi

Em entrevista recente, Abidal justificou a demissão de Valverde afirmando que jogadores estavam insatisfeitos

Campeonatos estão paralisados desde o mês passadoCampeonatos estão paralisados desde o mês passado - Foto: AFP

O técnico do Barcelona, Quique Setién, evitou se envolver na polêmica envolvendo Eric Abidal e Lionel Messi. Questionado sobre o assunto, nesta quarta-feira (5), o treinador afirmou que não irá "se meter na vida" do astro argentino.

"Conversamos um pouco sobre o tema" com o elenco no treino, explicou Setién em coletiva de imprensa, afirmando que os jogadores e a comissão técnica estão mais concentrados no duelo desta quinta-feira (6) contra o Athletic Bilbao, pelas quartas de final da Copa do Rei.

"O que me interessa é o futebol, o resto são situações que entendo que não poderei controlar, então não me desgasto com isso", completou Setíen.

Em entrevista ao diário esportivo catalão Sport, o diretor esportivo do Barça, o ex-jogador Eric Abidal, justificou a demissão de Ernesto Valverde, entre outros motivos, afirmando que "muitos jogadores não estavam satisfeitos, nem trabalhavam muito" sob o comando do ex-técnico.

Estas declarações não agradaram a Messi, que contestou imediatamente com um uma mensagem no Instagram, pedindo que "quando se fala de jogadores, deve dar nomes, pois, caso contrário, estaremos sujando todos e alimentando coisas que são ditas e não são verdadeiras". O astro argentino também pediu aos dirigentes do clube que "assumam suas responsabilidades".

Setién negou ter conversado com Messi especificamente sobre este assunto, afirmando que o craque "tem experiência e capacidade suficiente para decidir o que tem que fazer".

Leia também:
Barcelona vence Levante e mantém distância para o Real
Lesionado, Reus perderá jogo da Champions contra o PSG


"Não vou me meter na vida de Messi, nem na vida de ninguém. Eu tenho que conseguir que meus jogadores venham felizes, que os argumentos que apresentamos em campo sejam bons para que eles vejam que vão crescer e vamos ganhar, o resto não me diz respeito", continuou o técnico, que elogiou a atitude de seu principal jogador no dia a dia do clube.

"Eu o vejo animado, sorridente, bem, ele gosta de vir treinar, gosta de estar aqui e o vejo igual a ontem ou anteontem", concluiu Setién.

Veja também

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs
Olimpíada

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs

Marta responde Bolsonaro após fala do presidente sobre futebol feminino
Polêmica

Marta responde fala de Bolsonaro sobre futebol feminino