Sina de falhas persegue os goleiros do Tricolor

Um dos gols mais dolorosos dessa curta história de Edson Kolln como titular do Santa Cruz foi pela Copa Sul-Americana

Banda Timbalada será umas das atrações do Seu Antônio na CopaBanda Timbalada será umas das atrações do Seu Antônio na Copa - Foto: Divulgação

 

Edson Kolln saiu do banco de reservas como a solução, defendida pelo técnico Doriva, para solucionar os problemas enfrentados pelo então titular Tiago Cardoso e suas constantes falhas. Nos dois últimos jogos do Santa Cruz, ele comandou a meta coral. E, nessas mesmas duas partidas, falhou. Se já não bastasse a dificuldade que o clube tem enfrentado para fugir da zona de rebaixamento na Série A, a fase dos seus arqueiros tem contribuído muito para deixar esse sonho cada vez mais distante da realidade.

Um dos gols mais dolorosos dessa curta história de Edson Kolln como titular do Santa Cruz foi pela Copa Sul-Americana. Na oportunidade, os tricolores precisavam vencer o Independiente Medellín/COL com uma margem de três gols - o primeiro jogo terminou 2x0 para os colombianos. Em noite inspirada de Grafite, que balançou as redes três vezes, os corais iam conseguindo o objetivo. Mas em uma saída de bola equivocada do goleiro, o gol adversário aconteceu e a desclassificação acabou confirmada. Contra o Palmeiras, mais uma vez na hora de deixar a meta, o segundo tento, da vitória por 3x2 dos adversários, foi convertido.

Apesar da dupla falha, o técnico Doriva tem dado moral ao jogador. “Acho que Edson fez uma boa partida, foi muito bem. Fez boas defesas, pegou confiança e fez um grande jogo”, disse, logo após o final do jogo. De fato, outras boas defesas acabaram protagonizadas. Mas uma justificativa que tem surgido no Arruda para os dois equívocos é o fato de o jogador não ter ritmo de jogo - algo fundamental para um goleiro.

No próximo domingo (9), o Santa Cruz enfrenta o Flamengo, com Edson Kolln novamente como titular, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Até então, a única vez que o goleiro entrou em campo em um jogo fora de casa foi na vitória de 2x0 sobre o Vitória da Conquista-BA, pela Copa do Brasil. Na oportunidade, os tricolores mandaram a campo uma equipe mista. Vale lembrar que contra os rubro-negros cariocas, o Tricolor não poderá contar com os zagueiros Neris e Danny Morais. Outra ausência será a do meia Pisano, também suspenso. Por outro lado, o time contará com a volta de Léo Moura.

 

Veja também

Pela Série D, Central e Salgueiro vencem; Fora, Afogados perde
Série D

Central e Salgueiro vencem; Fora, Afogados perde

Juninho Lola lamenta gol no fim: 'Empate caiu do céu para o Cruzeiro'
Náutico

Juninho Lola lamenta gol no fim: 'Empate caiu do céu para o Cruzeiro'