A-A+

Sob olhar atento de Itamar, time do Santa é desenhado para jogo-treino

Técnico tricolor retornou ao Recife nesta sexta-feira após mais de uma semana no curso da CBF

Comandante não encontrou problemas para assistir o coletivoComandante não encontrou problemas para assistir o coletivo - Foto: Allan Lopes / Folha de Pernambuco

Pela primeira vez na pré-temporada, o treinamento do Santa Cruz ocorreu sob olhares de Itamar Schulle. O treinador não havia presenciado as atividades do Tricolor até esta sexta-feira, quando desembarcou no Recife na madrugada, após oito dias no curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) voltado aos técnicos, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Ele teve a oportunidade de observar o possível time titular que encontra o CSP/PB, neste domingo, em jogo-treino. Enquanto estava fora, o auxiliar Lucas Isotton, juntamente com o preparador físico Carlos Gamarra, conduziram a preparação.

Após um início descontraído, o executivo de futebol Nei Pandolfo e o restante da comissão técnica conversam com o grupo por alguns minutos. Logo depois, Isotton passou instruções enquanto Schulle não chegava. Primeiramente, os jogadores se separaram em grupos de cinco e exercitaram a precisão de toques rápidos e passes de cabeça. Por alguns minutos, Carlos Gamarra tocou as atividades de preparação física.

Com a proximidade do primeiro jogo-treino na pré-temporada, diante do CSP/PB, neste domingo, houve expectativa para descobrir quais seriam os titulares no coletivo e, consequentemente, o esboço da equipe contra os paraibanos. Estiveram no time principal: Carlos Miguel; Augusto Potiguar, William Alves, Danny Morais e Wesley; Julio Romão (Lucas Gonçalves), Bileu e Diogo; e Pedro Maycon, Leozinho (Hericles) e Pipico.

Itamar chegou ao CT pouco tempo antes do início da movimentação, mas foi o auxiliar que comandou a atividade. Para observar de maneira mais detalhada o deslocamento e posicionamento dos atletas, o técnico recorreu a um local no mínimo inusitado. Sem muita dificuldade, escalou o andaime posicionado atrás da grade do campo e assistiu atentamente os dois tempos. 

Leia também:

Em novo desafio, Charles se despede do Santa Cruz

Itamar Schulle prega união para conquistar objetivos no Santa Cruz

O lema é ‘fazer história’ pelo Santa Cruz em 2020 

Veja também

Galo bate Fortaleza, Furacão passa pelo Flamengo, e times fazem final da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Galo bate Fortaleza, Furacão passa pelo Flamengo, e times fazem final da Copa do Brasil

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza
Homofobia

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza