Soberano em Portugal, Jorge Jesus quer hegemonia do Flamengo

Jorge Jesus lembrou que o Benfica não conquistava títulos há alguns anos e hoje conta com a hegemonia em Portugal

Jorge Jesus é o treinador que mais ganhou títulos em PortugalJorge Jesus é o treinador que mais ganhou títulos em Portugal - Foto: Alexandre Vidal/CR Flamengo/Divulgação

Jorge Jesus chegou ao Flamengo falando grosso. Ao ser perguntado por jornalistas portugueses se os brasileiros o conheciam bem, o treinador expôs seu currículo. Lembrou que é o treinador português com mais títulos e deixou claro qual seu desafio no novo clube.

Para isso, Jesus lembrou sua passagem no Benfica. O treinador explica que o time de Lisboa não conquistava títulos há alguns anos e hoje conta com a hegemonia no país. Para ele esse é justamente o caminho que o Flamengo precisa percorrer nas próximas temporadas a começar pelo recesso da Copa América nos próximos dias.

Leia também:
Jorge Jesus mobiliza imprensa portuguesa para o Brasil
Justiça do Rio libera totalmente CT do Flamengo
Justiça marca audiência entre Flamengo e CBF sobre 1987
Flamengo é campeão e mantém tabu contra o Vasco


"Tenho muita honra por ter sido convidado para comandar este grande clube. É importante o interesse que essa decisão está a despertar em Portugal. Quero apresentar o trabalho no Flamengo. Meu passado como treinador está escrito, está feito. Sou o treinador em Portugal que mais títulos ganhou e quero mostrar no maior clube do Brasil o meu trabalho", disse Jorge Jesus.

"Vamos esperar o que tenho feito sempre. Onde chego, apresento trabalho, revolucionar do ponto de vista de ter ideias diferentes. Mas não venho revolucionar nada. Vou apresentar meu trabalho que foi visto em duas das três maiores equipes de Portugal nos últimos 10 anos. Quando cheguei ao Benfica, há tempo não ganhava nada e agora tem a hegemonia no país. É o que vim fazer no Flamengo", completou o treinador português.

Jorge Jesus, inclusive, vê com bons olhos o tempo que terá para trabalhar e passar seus conhecimentos para os jogadores. Por se tratar de um novo conceito de futebol, o período de treinamento vai ajudar para que o elenco tenha melhor absorção neste início de trabalho.

"Temos 20 dias para apresentar o trabalho, mostrar aos jogadores nossas ideias, nossos conceitos. Não há novidade. Estou habituado a trabalhar com jogadores brasileiros, são ótimos profissionais e essa é uma das grandes paixões. Quero crescer com eles e melhorar não só resultados, mas a qualidade do jogo do Flamengo", completou Jorge Jesus.

Veja também

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota
Futebol

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson
Futebol

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson