Sport aguarda chegada de Rafael Marques para assinar contrato

Diretoria de futebol do Sport espera jogador no Recife nos próximos dias. Negociação está fechada e Rafael Marques chega emprestado até o final do ano

Guilherme Beltrão (centro) Guilherme Beltrão (centro)  - Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Com limitações financeiras, o Sport vem arrastando mais do que o comum as suas negociações neste ano. E a novela mais recente tem tudo para ter um final feliz. Na busca por um atacante de referência, a diretoria enfim acertou tudo com Rafael Marques, que estava no Cruzeiro. O jogador é aguardado para chegar ao Recife nesta terça-feira (08) ou no mais tardar na quarta-feira (09), segundo os próprios dirigentes do Sport.

Aos 34 anos, Rafael Marques chega para disputar posição com Hygor, Carlos Henrique e até mesmo Rogério, que vem atuando improvisado como homem de área, apesar do próprio jogador admitir que prefere atuar aberto pelos lados.

Leia também:
Juiz condena Torcida Jovem a pagar mais de R$ 320 mil ao Sport
Claudinei pede cautela e elogia empenho dos atletas do Sport
Zagueiro Ronaldo Alves é 'amuleto' do Sport diante do Bahia

Sem espaço na Raposa, Rafael Marques já havia aceitado defender o Sport desde o começo da negociação. O único entrave era o alto salário do jogador, com os rubro-negra negociando para que o Cruzeiro pagasse a maior parte dos vencimentos, assim como conseguiu com o Palmeiras na negociação com Michel Bastos. “Está tudo certo na negociação, está fechada. Faltam exames e assinatura, mas entre as partes está tudo resolvido. Estamos esperando o jogador para esta terça-feira (08) ou quarta-feira (09). É mais provável que na quarta-feira”, comentou Guilherme Beltrão, vice-presidente de futebol.

Nesta temporada, Rafael Marques atuou em apenas quatro ocasiões, sendo apenas numa delas como titular. Na ocasião, marcou o gol do Cruzeiro no empate em 1x1 contra o Patrocinense/MG, pelo Campeonato Mineiro. Neste Brasileirão, entrou no decorrer da derrota de 1x0 para o Grêmio e no empate em 0x0 com o Internacional.

Neste ano, Chapecoense e Fluminense tentaram contratar o jogador, mas sem sucesso. O contrato dele com o Cruzeiro vai até o final deste ano, assim como o de Michel Bastos com o Palmeiras. Ou seja, após esta temporada ele está livre para negociar seu destino ou até mesmo uma renovação com o Sport.

Veja também

Superliga é ápice da revolução dos bilionários estrangeiros no futebol europeu
Futebol

Superliga é ápice da revolução dos bilionários estrangeiros no futebol europeu

Clubes brasileiros dominam a Libertadores, mas crise pode ser uma ameaça à hegemonia
Futebol

Clubes brasileiros dominam a Libertadores, mas crise pode ser uma ameaça à hegemonia