Sport é punido em R$ 5 mil por briga na Ilha do Retiro

Incidente aconteceu durante a derrota para o América/MG, na semana passada. Clube foi absolvido por invasão de campo

Sport x América/MG, na Ilha do Retiro, pela Série A 2018Sport x América/MG, na Ilha do Retiro, pela Série A 2018 - Foto: Paullo Allmeida/FolhaPE

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o Sport, nesta quinta-feira, com multa de R$ 5 mil. Tal penalidade se deve a uma briga nas cadeiras da Ilha do Retiro, semana passada, entre os torcedores rubro-negros, durante o duelo contra o América-MG. Na partida, ainda houve a invasão de um torcedor. Mas neste quesito, o Leão foi absolvido.

"Sport sempre toma todas as precauções. No incidente que aconteceu uma invasão ao campo, o invasor foi identificado. Portanto, a gente ficou respaldado. O clube foi absolvido. No caso do tumulto, infelizmente o Sport foi multado, que será objeto de recurso ainda", disse o diretor executivo da vice-presidência jurídica do Leão, Paulo Gordiano.

Durante o segundo tempo da partida, contra o América/MG, um torcedor invadiu o gramado da Ilha do Retiro. O fato foi registrado na súmula do jogo e o invasor acabou identificado. A Procuradoria denunciou o Sport pelo fato de o clube não ter cumprido o que prevê no artigo 213 – segundo ele, para se livrar de punição, "além da identificação deverá ser lavrado boletim de ocorrência contemporâneo ao fato".

Leia também:
Atletas do Bragantino interessam ao Sport
Sport oficializa volante Jair 

A Procuradoria também apontou a briga, entre torcedores, que aconteceu nas arquibancadas, no intervalo do jogo. O fato não estava na súmula. Por não relatar a confusão entre os próprios torcedores rubro-negros, o árbitro Jailson Macedo Freitas também foi denunciado. 

Veja também

Elenco do Santa Cruz foca na reta final e mantém esperança viva: "Não vamos desistir"
Santa Cruz

Elenco do Santa Cruz foca na reta final e mantém esperança viva: "Não vamos desistir"

Italo Ferreira relata ameaça de bomba em seu voo: 'Que loucura'
Surfe

Italo Ferreira relata ameaça de bomba em seu voo: 'Que loucura'