Clássico das Multidões

Sport e Santa se unem por ingressos solidários

Com clássico realizado com os portões fechados, rivais buscam receitas para amenizar crise

Diferente do clássico disputado no Nordestão, segundo encontro será sem torcidaDiferente do clássico disputado no Nordestão, segundo encontro será sem torcida - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Um dos principais e mais tradicionais clássicos do País, o Clássico das Multidões do próximo domingo acontecerá de portões fechados, na Ilha do Retiro. Sem o apoio presencial do torcedor, as diretorias de marketing de Sport e Santa Cruz se uniram para criar uma venda de ingressos solidários. Sofrendo com a falta de recursos, a iniciativa busca amenizar o lado financeiro das instituições, além de buscar engajamento junto aos seus torcedores.

"Eu liguei para Guilherme Leite no domingo e a gente conversou de fazer algo em conjunto e mobilizar as duas torcidas e criar a competição entre elas, porque isso ajuda a engajar", explicou Rafael Soares, diretor de marketing leonino.

Além de uma disputa sadia para ver quem vendo mais bilhetes virtuais, o Sport irá recompensar seus torcedores com brindes, dependendo do ingresso comprado. Para os leoninos, as entradas solidárias custam R$ 10, R$ 20, R$ 40, R$ 80 e R$ 150. "O nosso torcedor vai ganhar nosso chip de celular, voucher para ingressos nos jogos com torcida, ingressos simbólicos... vai depender de cada bilhete adquiro", relatou Soares. 

Durante o período sem atividades, o Rubro-negro realizou este tipo de ação com as reprises de jogos históricos do clube. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 150 mil. Do montante, cerca de R$ 11 mil foram doados para uma ONG que busca combater a Covid-19. O resto do valor serviu para ajudar no pagamento dos vencimentos dos funcionários. 

Assim como o rival, o Santa Cruz também ficará com toda a renda dos ingressos adquiridos pelos tricolores. Porém, diferente do Sport, os valores para a massa coral custam R$ 10 e R$ 20. O valor reunido com a ação será usado para o pagamento dos salários da equipe do Arruda. Atualmente, a Cobra Coral tem um mês inteiro em atraso e parte do segundo mês, referentes ao que consta na CLT. O Tricolor também busca deixar em dia os direitos de imagem dos atletas.

"Através de ações e postagens nas redes sociais, vamos ver se conseguimos animar o torcedor a ajudar o clube até o dia do jogo. Colocamos esses valores para trazer um pouco para a realidade de quanto seria o ingresso para a nossa torcida, caso eles pudessem ir ao estádio. O fato de jogarmos como visitantes e ficar com a receita dos nossos bilhetes será importante, principalmente para colocar as contas em dia, já que passaram a ficar em atraso durante a pandemia", explicou o diretor de marketing coral, Guilherme Leite.  

Rubro-negros e tricolores interessados em ajudar seus clubes, com a compra dos ingressos solidários do Clássico das Multidões, podem adquirir os bilhetes no site.  

Veja também

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite
Futebol

Organizadores confirmam realização da Maratona de Londres apenas com elite

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês
Futebol

Times vetam cinco substituições para próxima temporada do Campeonato Inglês