Sport

Sport: Enderson analisa situação de Diego Souza e faz analogia com o PSG de Messi, Neymar e Mbappé

O treinador não descartou um possível retorno do Embaixador, mas ponderou o encaixe do jogador no atual time do Leão

Diego Souza é um dos ídolos da história recente do SportDiego Souza é um dos ídolos da história recente do Sport - Foto: Flávio Japa/Arquivo Folha

Com a abertura da janela de transferências nesta segunda-feira (3), um assunto que sempre volta à tona nesses momentos é um possível retorno de Diego Souza ao Sport. Após a vitória contra o Ceará no último domingo (2), na Ilha do Retiro, Enderson Moreira comentou sobre o jogador, que deve passar por uma decisão coletiva, e chegou a fazer uma analogia com o PSG

"Desde que cheguei ao Sport, nenhuma decisão foi só minha ou só da direção. Foi sempre uma construção. Todo mundo tem responsabilidade. Tem vários jogadores que vieram pra cá, que não foram jogadores que eu indiquei. Temos sempre que imaginar várias situações", disse. 

Enderson fez elogios ao Embaixador da camisa 87, mas ponderou o encaixe do atleta no atual time do Sport

"É um ídolo, tenho um grande carinho por ele, acho um baita jogador, mas já fizemos movimentos no mercado. Então, precisamos pensar. Muitas vezes, as medidas que a gente toma não são populistas e não estou aqui para agradar ninguém. Estou aqui para fazer o melhor pelo Sport", iniciou.

"Diego Souza é um baita jogador, um atleta com uma capacidade técnica absurda, multicampeão, Seleção Brasileira, é um cara fantástico. Isso não está em questionamento. A dúvida é: como nós vamos trazer o Diego pra cá? Ele vai ter as oportunidades que na cabeça dele, ele vai ter? No Grêmio ele teve poucas oportunidades esse ano e se repetir isso aqui? Será que ele vai ficar feliz? Então, tem uma série de fatores que estamos conversando. Porém, é uma decisão difícil. Uma negociação só é boa, se for boa para ambas as partes. Se ela for boa só para o Diego, não é boa para o Sport. E se for boa só para o Sport, não vai ser boa para o Diego. Então, vamos conversar mais e tomar essa decisão", concluiu.

O técnico rubro-negro usou como analogia o PSG de Messi, Neymar e Mbappé para enfatizar seu ponto. 

"Tivemos o PSG que levou Lionel Messi, tinha o Mbappé e Neymar. Por que esses caras fora de série, top no mundo, não conseguiram ganhar a Liga dos Campeões, por exemplo? Isso que temos que entender. Por que [Pep] Guardiola [técnico do Manchester City] não quis fazer um movimento assim? Tem que entender o momento, a hora, se vai ou não encaixar. Trouxemos jogadores aqui que não conseguiram ainda jogar o que a gente imaginava, faz pate". afirmou.

Diego Souza é um dos ídolos da história recente do Sport. O atacante marcou 57 gols em 172 jogos com a camisa rubro-negra entre os anos de 2014 e 2017.

Na última semana o Grêmio optou por não renovar o vínculo com o atleta que está livre no mercado. Em 2023, foram 11 partidas e nenhum gol marcado. 

Para a sequência da Série B, o Sport já tem encaminhada as contratações do meia Alan Ruiz e do atacante Peglow. O anúncio de ambos é aguardado com a abertura da janela. 

 

Veja também

Liga das Nações: Brasil supera Holanda e emplaca segunda vitória seguida na competição
Vôlei

Liga das Nações: Brasil supera Holanda e emplaca segunda vitória seguida na competição

Conheça o Wolverhampton, próximo destino de Pedro Lima do Sport
Futebol

Conheça o Wolverhampton, próximo destino de Pedro Lima do Sport

Newsletter