Sport pode ser o time menos derrotado em uma edição da Série B

Caso não seja mais batido até o fim da competição, Leão terá o mesmo número de derrotas do Corinthians, em 2008, e da Portuguesa, em 2011

Nova parceria será estampada nos calções dos jogadoresNova parceria será estampada nos calções dos jogadores - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro parece ser uma mera questão de tempo para o Sport. Motivos não faltam para tanto otimismo. A oito rodadas para o fim da Série B, o Leão está invicto há sete jogos, não toma gols há três rodadas e é o vice-líder, com 53 pontos, seis a mais do que o América/MG, o quinto colocado. Embora a briga pelo título seja uma meta distante - o líder Bragantino tem 59 pontos - os rubro-negros podem deixar uma marca honrosa: a de equipe que menos foi derrotada em uma edição do torneio desde 2006, quando o certame passou a ser disputado no atual sistema.

Até o momento, em 30 rodadas, o time pernambucano foi derrotado somente três vezes. É um índice melhor até mesmo do que o do Bragantino, que já sofreu cinco reveses. Em 14 edições da Segundona no formato vigente - com 20 clubes se enfrentando por pontos corridos -, as equipes menos derrotadas na história da Série B foram o Corinthians de 2008 e a Portuguesa de 2011. Ambas foram batidas somente três vezes cada e acabaram campeãs nos respectivos anos. O número é igual ao do Sport. Ou seja, se o Leão não perder mais, igualará a histórica marca dos clubes paulistas.

Leia também:
Sport fica no 0x0 e perde a chance de encostar no líder
Luan Polli tem estreia elogiada por Guto Ferreira
Evolução na defesa coincide com melhora do Sport
[Vídeo] Guto quer Sport aliviando nos treinos físicos

A despeito da ótima campanha na Segundona, os rubro-negros ainda sofrem certas críticas. A maior delas refere-se aos empates somados neste torneio. O Sport já empatou 14 vezes, o mesmo número do Oeste/SP, 15º lugar na tabela. Para o técnico Guto Ferreira, o alto número de placares iguais não significa algo necessariamente ruim para a equipe. "Empate é somatória de pontos. O importante é não perder quando não se pode ganhar. E a gente tem vitórias junto com tudo isso, o que nos ajuda. É isso que constrói a nossa campanha", afirmou o treinador, após o empate por 1x1 contra o CRB.

PARANÁ
O Sport volta a campo na próxima quarta-feira (23), quando vai receber o Paraná, na Ilha do Retiro. Por conta da desgastante viagem de volta de Pelotas para o Recife, a equipe titular não vai treinar antes do jogo contra o time paranaense. A ideia é que os principais atletas participem somente de um treino regenerativo no Centro de Treinamento José de Andrade Médicis, em Paratibe. O time deve ser praticamente o mesmo que empatou por 0x0 com o Brasil de Pelotas/RS, no último domingo, pois não há nenhum jogador suspenso no momento. O duelo contra a Gralha-Azul acontecerá às 19h15.

Veja também

Sport aguarda pelas autoridades sanitárias para confirmar eleição
Sport

Sport aguarda pelas autoridades sanitárias para confirmar eleição

Após primeiro gol como profissional, Léo Gaúcho projeta parceria com Pipico
Futebol

Após primeiro gol como profissional, Léo Gaúcho projeta parceria com Pipico