Série A

Sport pouco produz e perde para o Juventude fora de casa

"Lei do ex" dá o ar da graça em Caxias do Sul e Matheus Peixoto decide em partida de poucas ideias

Foto: Fernando Alves/EC Juventude

Em uma partida com poucas oportunidades para os dois lados, um erro pode custar caro. Foi exatamente o que aconteceu em Caxias do Sul, na partida entre Juventude e Sport, no Alfredo Jaconi, na noite deste domingo (20), que terminou com vitória da equipe gaúcha por 1 a 0, com gol marcado por Matheus Peixoto, ex-Sport. A derrota rubro-negra puxa o time para a 15ª posição, com quatro pontos. Já o Juventude, sobe para a 14ª posição, com cinco pontos. Na próxima rodada, o Leão visita o Corinthians, na próxima quinta-feira (24). 

Os primeiros 45 minutos até entregaram algo diferente da neblina que tomou conta do Alfredo Jaconi, mas sem muita empolgação. A partida seguiu em ritmo lento, com passes trocados pelo meio-campo e raras investidas no ataque. Grande parte das chances de gol foram oriundas de tentativas de fora da área. 

Após chutes fracos para os goleiros e chutes fortes sem direção para muito longe do gol, apenas aos 30 minutos tivemos a primeira chance real de gol na partida. Em falta pela direita, próxima a linha de fundo, a favor do Sport, Sander cobrou na direção do gol, obrigando Marcelo Carné a espalmar. 

Aos 41, o goleiro do Juventude voltou a trabalhar. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou na meia-lua da grande área e Sabino bateu de primeira, com o pé esquerdo e Carné fez ótima defesa, espalmando para escanteio.

Na segunda etapa, já com trégua da neblina, a partida seguiu com a mesma velocidade, mas com o Sport mais presente no campo de ataque. A equipe da casa até conseguia trabalhar a bola, mas chegava de forma tímida na fase ofensiva. Seguro na defesa, o Sport passou a equilibrar a posse de bola, mas diminuiu o ritmo ofensivo. 

Em uma partida que se desenhava para um 0 a 0, com as equipes sem disposição para tentar algo diferente ofensivamente, determinados erros podem definir o resultado da partida. Após longos 37 minutos sem qualquer lance de perigo, o Juventude conseguiu um contra-ataque, após erro de Hayner no meio-campo. Na sequência da jogada, após bola cruzada por William Matheus, a bola sobrou na pequena área para Matheus Peixoto, que teve tempo para errar o domínio, se recuperar, girar e bater no canto de Maílson, abrindo o placar para o Juventude. 

Após o gol, o treinador Umberto Louzer tentou recolocar a equipe no ataque, com as entradas de Tréllez, Everaldo e Patric. No entanto, as investidas no desespero não surtiram efeito, sem um chute na direção do gol, nos últimos dez minutos. 

Ficha Técnica

Juventude 1

Marcelo Carné; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster, William Matheus; Chico (Capixaba), Guilherme Castilho (Marcos Vinícios), Elton, Paulinho Bóia (Matheus Jesus); Wescley (Didi), Matheus Peixoto (Fernando Pacheco). Técnico: Marquinhos Santos. 

Sport 0

Maílson; Rafael Thyere, Iago Maidana (Tréllez), Sabino; Hayner (Patric), Marcão, Thiago Lopes (Ricardinho), Sander; Paulinho Moccelin (Maxwell), Marquinhos (Everaldo), André. Técnico: Umberto Louzer. 

Local: Alfredo Jaconi (Caxias do Sul/RS)
Arbitragem: Edina Alves Batista (FIFA/SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA/SP) e Naiara Moreira da Cruz (FIFA/DF)
Quarto árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Gols: Matheus Peixoto (JUV)
Cartões amarelos: Guilherme Castilho, Marcos Vinícios, Rafael Forster, Vitor Mendes (JUV); Rafael Thyere (SPT).

Veja também

Marcus D'Almeida, do tiro com arco, chega às oitavas das Olimpíadas
Jogos Olímpicos

Marcus D'Almeida, do tiro com arco, chega às oitavas das Olimpíadas

Keno Marley vence e avança para as quartas nas Olimpíadas
Jogos Olímpicos

Keno Marley vence e avança para as quartas nas Olimpíadas