Durval, zagueiro do Sport
Durval, zagueiro do SportFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O Sport se despediu da Série A do Campeonato Brasileiro com a marca de pior defesa da competição (ao lado do Vitória/BA), com 58 gols sofridos. De fato, tal número expressivo não foi atingido por obra do acaso. O Leão, durante a temporada, sofreu com o setor, que demorou bastante para ter uma formação titular definida. Trocavam de cadeiras os zagueiros Ronaldo Alves, Henríquez e Durval - nenhum, no entanto, com plena confiança do torcedor. Para 2018, reforçar a defesa será uma prioridade. Quem, inclusive, volta ao time após empréstimo é Matheus Ferraz, que quando saiu para o Goiás, não deixou saudades.

Ao todo, cinco zagueiros eram as opções do técnico Daniel Paulista durante a reta final do Brasileiro. Eram eles: Ronaldo Alves, Henríquez, Durval, Igor Ribeiro e Neris. Com larga vantagem, os três primeiros foram os que mais entraram em campo na competição. Ronaldo Alves atuou em 25 partidas e ficou no banco em outras cinco oportunidades; Henríquez foi titular 23 vezes, com dez participações no banco de reservas; Durval jogou em 23 jogos e esteve no banco em 12 confrontos; Igor Ribeiro atuou duas vezes, sendo uma como titular; e Neris jogou apenas uma partida.

Na última quinta-feira, o Sport divulgou uma lista de seis atletas que não permaneceriam no grupo para a próxima temporada. Entre os jogadores que deixaram de interessar ao clube, dois zagueiros: Igor Ribeiro e Neris. O número pode ficar um pouco maior. Isso porque o futuro de Durval segue indefinido. A diretoria e o jogador tiveram um primeiro contato, no qual conversaram sobre renovação. Não houve uma definição, no entanto. É esperado que novos encontros aconteçam nos próximos dias.

Apesar de uma temporada abaixo do esperado, Durval está desde 2014 no Sport e segue como ídolo do clube. Antes, havia passado de 2006 a 2009 no Leão. No ano todo, disputou 57 partidas e marcou dois gols. Um fato que conta positivamente para uma possível permanência do defensor é o novo comandante técnico. Entre 2008 e 2009, Nelsinho Baptista trabalhou no Leão. No período, foi campeão estadual e da Copa do Brasil com Durval como capitão.

Hoje, o Sport tem três zagueiros confirmados para 2018. Além de Ronaldo Alves e Henríquez, Matheus Ferraz volta de empréstimo. Uma possibilidade de reforço é Léo Ortiz, do Internacional. O atleta está envolvido na negociação entre os clubes por Rithely. Outros jogadores que podem desembarcar na Ilha do Retiro, por meio do mesmo negócio é o atacante Eduardo Sasha e o volante Anselmo - que disputou a Série A pelo Leão.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: