Meia Andrigo foi apresentado oficialmente no Sport.
Meia Andrigo foi apresentado oficialmente no Sport.Foto: Williams Aguiar/Assessoria Sport Club do Recife

Principal contratação do Sport para este Brasileirão 2018, o meia Andrigo foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (09), no CT José Médicis, em Paratibe. Ao lado do volante Nonoca, Andrigo deixou claro que já se sente à vontade no clube e que pretende fazer uma grande Série A com a camisa do Leão. “Eu chego muito animado para esta missão de ajudar o Sport. Joguei bem à vontade no jogo-treino de sábado (contra o Belo Jardim) e na mesma posição que vinha atuando no Ceará. Tenho meus objetivos pessoais, mas em primeiro lugar penso no coletivo. Sei da dificuldade de jogar uma Série A, mas venho de um bom começo de ano e sei que posso ajudar muito”, comentou.

Leia também:
Danilo Barcelos próximo de retorno ao Sport
Sport se reapresenta com foco no América/MG
Sport quer mais três peças para reforçar elenco para Série A
Sport vive martírio na busca por um goleador

Em tom sereno, o jogador não quis entrar em polêmica com o presidente do Ceará, Robinson de Castro. Ao tomar conhecimento do interesse do Sport em contar com o meia, que é jogador do Internacional e estava emprestado ao Vozão, Robinson ironizou o fato de Sport estar atuando em poucas competições. “Ele vai para lá pra que? Só se for pra jogar pingue-pongue”, provocou. Agora no Leão, Andrigo evitou polemizar a sua saída. “Eu foco mais no que faço dentro de campo. Não ligo para polêmicas. O mais importante é que eu consegui sair pela porta da frente do Ceará e fiz um bom trabalho. Agora meu foco é aqui no Sport”.

Nesta temporada, Andrigo atuou em 16 jogos pelo Ceará, sendo 12 como titular e anotando seis gols. Aos 23 anos, o jogador tenta se firmar na carreira profissional, tendo sido apontado como grande promessa do Colorado nos últimos anos e com nome cogitado até para atuar em grandes europeus, como Barcelona. Ele aproveitou também para falar sobre as suas características. “Eu me adapto bem por todas as funções ofensivas. Na base eu cheguei a ser campeão jogando de centroavante. Mas, jogo aberto pelos lados, jogo também pelo meio. O que o treinador precisar eu faço”, finalizou Andrigo.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: