Torcida Jovem do Sport foi condenada a pagar cerca de R$ 320 mil.
Torcida Jovem do Sport foi condenada a pagar cerca de R$ 320 mil.Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Em caminhos opostos nos últimos anos, Sport e Torcida Jovem tiveram mais um embate histórico. Em decisão do juiz Brasílio Antônio Guerra, a uniformizada rubro-negra foi condenada a pagar cerca de R$ 320 mil ao clube por danos morais e materiais, além das custas processuais que envolvem toda a ação movida. O processo movido pelo próprio Sport desde 2015 gira em torno da confusão causada no estádio Couto Pereira, no Campeonato Brasileiro de 2015, no dia 2 de setembro daquele ano.

Leia também:
Rivalidade apimenta Sport diante do Bahia
Claudinei desenha Sport com dois "poupados" contra o Bahia
Sport terá reforços de Everton Felipe e Gabriel
Michel Bastos é apresentado oficialmente pelo Sport
Dois integrantes da Torcida Jovem do Sport são presos

Na ocasião, membros da facção organizada leonina causaram confusões e espancaram torcedores do Coritiba, que teriam tentando arrancar uma bandeira dos rubro-negros. À época, o Sport foi punido com um jogo de portões fechados e R$ 50 mil de multa pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Esta condenação da Jovem foi feita em primeira instância e a parte curiosa é que sequer houve contestação por parte da mais violenta uniformada do Sport, ao menos no prazo legal, com todo o processo correndo à revelia.

Na decisão, despachada no dia 25 de abril deste ano, o juiz Brasílio condena a Jovem a pagar R$ 30 mil de danos morais, mais R$ 50 mil, referentes à multa paga pelo Sport na ocasião, e mais R$ 240 mil, valor médio da arrecadação do Sport em jogos em casa naquele Brasileirão. Como foi obrigado a jogar de portões fechados contra o Atlético/PR, no dia 22 de novembro de 2015, o Leão deixou de arrecadar essa verba média com o público pagante que haveria no jogo, caso não fosse a punição causada pela Jovem e imposta pelo STJD.

Com a sua melhor campanha em Séries A desde a implantação dos pontos corridos, a partir de 2003, o Sport terminou a edição do Brasileirão 2015 na sexta colocação, ficando a três pontos de beliscar uma vaga na tão sonhada Libertadores da América. Para os especialistas, apesar de ser uma decisão primeira instância, o fato de não ter havido contestação sugere “confissão” da Torcida Jovem, o que torna a decisão com poucas chances de alteração.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: