Rogério pode voltar a atuar pelos lados do campo, onde rende melhor
Rogério pode voltar a atuar pelos lados do campo, onde rende melhorFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Afetado pelo já conhecido "acordo de cavalheiros", o Sport não poderá contar com o volante Fellipe Bastos e o meia Marlone para encarar o Corinthians, neste domingo, na Arena de Pernambuco, já que os dois atletas pertencem ao time paulista e estão emprestados. Em contrapartida, o treinador Claudinei Oliveira ganhou uma excelente notícia ontem. Contratado junto ao Cruzeiro com compromisso até o final deste ano e treinando com o elenco desde a semana passada, o atacante Rafael Marques teve o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e já pode fazer a sua estreia diante dos paulistas. Com a nova opção, o comandante rubro-negro pode utilizar Marques já como titular diante do atual campeão brasileiro e recuar Rogério, que voltaria a atuar na sua função de origem, pelo lado do campo. E aí nasce outra dúvida: manter o esquema com três volantes ou abrir mão de um homem de marcação para adicionar um meia?

Caso opte por esse esquema mais ofensivo, quem deve ganhar uma chance como titular é Everton Felipe, a maior oportunidade desde a sua volta após grave lesão no joelho. Até agora, nas seis participações que teve, apenas uma foi como titular, na decisão de terceiro lugar do Campeonato Pernambucano, contra o Salgueiro. Neste desenho, com Fellipe Bastos e Marlone fora, Rogério atuaria pela esquerda, Gabriel pela esquerda e Everton Felipe pelo meio, podendo ainda ganhar Andrigo como concorrente, mas o meia ainda não treinou nesta semana com dores na coxa direita. Caso opte pela manutenção dos três volantes, Claudinei deve escolher Ferreira para se juntar a Anselmo e Neto Moura no setor de marcação. Neste caso, Rogério, Everton Felipe e Gabriel duelariam por duas vagas.

Leia também:
Arena divulga esquema de mobilidade para Sport x Corinthians
"Acordo de cavalheiros" desfalca Sport contra o Corinthians

Essas dúvidas devem ser respondidas no treinamento de hoje à tarde, no CT José Médicis, em Paratibe. Aos 34 anos, o atacante Rafael Marques admitiu que vinha desmotivado no Cruzeiro, onde não tinha espaço na equipe de Mano Menezes. Contratado como mais um candidato a ser "o substituto de André", o veterano admitiu estar bastante motivado novamente. "Eu não joguei muito nesse primeiro semestre e isso me faz ter mais apetite, tesão para poder voltar a jogar logo e mostrar o meu futebol. É como eu falei, o principal, que é o carinho da torcida, eu já recebi mesmo antes de chegar. Estou querendo entrar logo em campo e cair no braço da torcida”, disse o atacante. Além dele, Michel Bastos também já está regularizado, mas ainda está recuperando a forma física ideal.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: