Sport x Atlético/MG
Sport x Atlético/MGFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Os números não jogam mais ao lado do Sport. Com 24 pontos e ocupando a 17ª colocação no Brasileirão 2018, o time precisa vencer sete dos 14 jogos restantes para atingir os 45 pontos, meta apontada pelos matemáticos para se livrar do rebaixamento. E justamente nessa pressão pela reabilitação que o Leão terá agora uma árdua sequência na competição, contra Corinthians, Palmeiras, Atlético/MG e Internacional, com todos os quatro figurando entre os dez primeiros colocados. Motivos para se assustar? Nem tanto.

Leia também:
Vencer sete de 14: Sport tem até 88,8% de chance de queda
Sport com três desfalques para encarar o Corinthians
Após polêmica, Fellipe e Michel Bastos permanecem no Sport
Rendimento ruim na Série A preocupa o Sport

Basta recorrer a um passado recente para enxergar com otimismo o que vem pela frente. Nesta mesma Série A, o Leão se saiu bem contra esses mesmos adversários. Em sequência iniciada no final de maio, os rubro-negros empataram em 1x1 contra o Corinthians (casa), venceram Palmeiras (fora) e Atlético/MG (casa) por 3x2 e empatou sem gols contra o Inter (fora).

É fato que fase era outra, mas o time não era tão diferente. As principais mudanças foram o treinador Claudinei Oliveira, antecessor de Eduardo Baptista. Além dele, o time ainda tinha o volante Anselmo, apontado como peça fundamental para o excelente começo de competição do Sport. Com apenas uma vitória nos 12 jogos que fez até agora depois da Copa do Mundo, o Leão tenta engrenar uma boa sequência e recuperar de vez a confiança dos seus jogadores. "Realmente, depois da Copa do Mundo não voltamos igual à antes da parada. A bola não entra e tomamos alguns gols bobos, por vacilo nosso. Mas estamos corrigindo. Se não for na bola, vai na raça. Temos que pontuar para sair dessa situação e vamos conseguir sair", disse o zagueiro Durval, em entrevista ao site oficial do clube. O "Xerife" irá para o seu quinto jogo seguido como titular.

Ainda sem realizar um treinamento coletivo nesta semana, o treinador Eduardo Baptista não deu indícios sobre o time titular que irá encarar o Corinthians neste domingo, na Arena Itaquera. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Ronaldo Alves fica de fora. A dupla de zaga deverá ser formada por Durval e Ernando. No meio de campo, Fellipe Bastos e Marlone também estão fora, por conta do "acordo de cavalheiros". Ainda sem Gabriel, lesionado, o comandante rubro-negro busca um jogador para cumprir a função de meia centralizado.

E a solução poderá ser Neto Moura, que começou a carreira fazendo essa função, mas logo foi recuado para atuar como segundo volante. Nos extremidades ofensivas, Rogério e Andrigo devem permanecer na titularidade, com Hernane Brocador mais à frente, na referência do ataque.

Cotado para formar a dupla de volantes com Marcão, o recém-chegado Jair vive grande expectativa para ganhar a sua primeira chance como titular. "Vou brigar pela vaga, mas sabendo que não terei vida fácil. Estou à disposição. A titularidade será uma consequência do meu trabalho", comentou Jair.   

veja também

comentários

comece o dia bem informado: