Presidente do Sport, Arnaldo Barros
Presidente do Sport, Arnaldo BarrosFoto: Divulgação/Sport Club do Recife

Em seu “último ato” de gestão, o presidente Arnaldo Barros concedeu uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (28), no auditório do Conselho Deliberativo. Em seguida, divulgou vários números da sua gestão nesta temporada 2018, sem contar dezembro, que ainda não fechou, antecipando um balanço que estava previsto para ser divulgado até abril do ano que vem. E um dos números mais chamativos é o da folha salarial do elenco rubro-negro neste ano.

Considerando os profissionais e os atletas da base, e até mesmo com atletas emprestados, como o volante Rithely, foram gastos pouco mais de R$ 50 milhões nesta temporada, com uma despesa de R$ 4,16 milhões por mês.

Leia também:
Fortaleza entra na briga com Sport e faz proposta por Ernando
Ataque é setor problema para o Sport nos últimos anos
Base e quatro profissionais se reapresentam no Sport
Antes problema, Juninho é visto como solução no atual Sport

Já em relação aos direitos de transmissão, o Sport recebeu quase R$ 40 milhões da emissora detentora dos direitos de transmissão. Um valor muito próximo do orçado no começo de janeiro deste ano, no relatório de previsão de orçamento aprovado pelo Conselho.

Por fim, o relatório apresentado por Arnaldo Barros mostra que o Sport conseguiu bater a meta orçamentária de R$ 108 milhões nesta temporada 2018. E ainda deve superar. Isso porque dezembro ainda não foi contabilizado.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: